Filhos de pais muito críticos têm tendência para a depressão e dificuldades emocionais

Filhos de pais muito críticos têm tendência para a depressão e dificuldades emocionais

Filhos de pais críticos

Filhos de pais altamente críticos mostram menos atenção às expressões faciais emocionais, de acordo com uma nova pesquisa da Binghamton University, Universidade Estadual de Nova York.

"Essas descobertas sugerem que crianças com pais críticos podem evitar prestar atenção a rostos que expressam qualquer tipo de emoção", disse Kiera James, estudante de psicologia da Universidade de Binghamton, e principal autora do estudo.

"Esse comportamento pode afetar seu relacionamento com os outros e pode ser uma das razões pelas quais as crianças expostas a altos níveis de crítica correm risco de coisas como depressão e ansiedade".


Os pesquisadores queriam examinar como a exposição à crítica dos pais afeta o modo como as crianças processam e prestam atenção às expressões faciais da emoção.

Uma maneira de olhar para a atenção é através de um marcador neural chamado Potencial Positivo Tardio (LPP), que fornece uma medida do quanto alguém está prestando atenção à informação emocional, como um rosto que é feliz ou triste.

James e colegas pesquisadores tiveram pais de crianças de 7 a 11 anos falando sobre seu filho por cinco minutos. Estas declarações foram posteriormente codificadas para níveis de crítica. Eles também mediram a atividade cerebral das crianças enquanto viam uma série de fotos de rostos mostrando diferentes emoções.


Os pesquisadores descobriram que os filhos de pais altamente críticos exibiam menos atenção a todas as expressões faciais emocionais do que os filhos de pais que apresentavam baixos índices de crítica.

“Sabemos, a partir de pesquisas anteriores, que as pessoas tendem a evitar coisas que as deixam desconfortáveis, ansiosas ou tristes, porque esses sentimentos são aversivos. Sabemos também que as crianças com um pai crítico são mais propensas a usar estratégias de enfrentamento evitativo quando estão em perigo do que as crianças sem um pai crítico”, disse James.

“Dada esta pesquisa, e nossas descobertas que crianças com pais críticos dão menos atenção a todas as expressões faciais emocionais do que crianças sem pais críticos, uma possível explicação é que as crianças com pais críticos evitam olhar para qualquer expressão facial de emoção. Isso pode ajudá-los a evitar a exposição a expressões críticas e, por extensão, os sentimentos aversivos que podem associar à crítica dos pais. Dito isso, também pode impedir que eles vejam expressões positivas dos outros”.

Os pesquisadores esperam acompanhar esses resultados com outro estudo, examinando o que acontece nos cérebros das crianças em tempo real quando recebem comentários positivos e negativos dos seus pais.

Comentário:


A pesquisa faz sentido no que diz respeito ao desenvolvimento emocional de crianças e adolescentes. É preciso haver equilíbrio na relação de poder exercida pelos pais. Críticas em excesso, de fato, não estimulam o desenvolvimento. Pelo contrário, elas minam a autoestima do jovem e prejudicam sua capacidade de enfrentar situações de desafio.

Por outro lado, é preciso avaliar até que ponto o contexto atual dessa geração está influenciando a capacidade desses jovens em lidar com críticas e cobranças. Isso, porque, o próprio conceito de crítica, de fato, pode estar sendo potencializado para algo nocivo, onde até mesmo cobranças e questões simples do dia-a-dia são encaradas como "críticas" ruins.

Em todo caso, o estudo é bastante interessante e pertinente. Deve ser levado muito a sério, mas com algumas ressalvas quanto ao significado e importância que a crítica possui nos diferentes contextos.


Comentário: Will R. Filho 
Ex-presidente do BNDES disse que ministro da era Lula-Dilma pediu para manter fraudes

Ex-presidente do BNDES disse que ministro da era Lula-Dilma pediu para manter fraudes


Na decisão que tornou o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e o ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho réus por diversos crimes, nessa quinta-feira (23/05/2019), o juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, expôs que Mantega teria influenciado Coutinho, seu sucessor no banco público, a dar continuidade ao esquema de fraudes na instituição.

O Ministério Público Federal (MPF) acusa os dois de atuarem em desvios que geraram benefícios de até R$ 8,1 bilhões em favor da empresa JBS, entre junho de 2007 e dezembro de 2009. A denúncia tem como base delações premiadas de ex-executivos da empresa, entre eles Joesley Batista.


Guido Mantega presidiu o BNDES de novembro de 2004 a março de 2006, e Luciano Coutinho ocupou a função de maio de 2007 a janeiro de 2010, nos governos dos petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Os dois ex-dirigentes do banco vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, gestão fraudulenta e práticas contra o sistema financeiro nacional. Mantega também é acusado de corrupção passiva.

Além deles, tornaram-se réus: o ex-assessor Victor Garcia Sandri; Leonardo Vilardo Mantega; e Gonçalo Ivens Ferraz da Cunha e Sá. O ex-ministro Antonio Palocci também foi denunciado, mas o juiz considerou que faltaram provas para confirmar sua participação no esquema.


O MPF concluiu que a JBS teve acesso a aportes financeiros do BNDES a partir de operações “sobreavaliadas e prejudiciais ao banco”. O esquema era operado por meio de intermediários que ligavam empresários a agentes políticos que intervinham nas decisões da instituição bancária.

“Nesse sentido, especificamente, Joesley Batista teria se valido dos préstimos de Victor Sandri para contatar Guido Mantega, então presidente do BNDES e, posteriormente, Ministro da Fazenda, a quem corrompeu. Guido Mantega influenciou Luciano Coutinho, seu sucessor na presidência do BNDES, a realizar as operações favoráveis à empresa JBS”, diz a decisão do juiz Marcus Vinícius Reis Bastos.

A denúncia aceita pela Justiça afirma que Leonardo Mantega recebeu da JBS mais de R$ 404 mil em parcelas mensais, sem prestar nenhum serviço, e outros U$ 5 milhões em investimento numa loja de material esportivo. Os repasses foram identificados pelo Ministério Público como propina destinada a Guido Mantega, seu pai.


Coutinho, enquanto presidente do banco, deu continuidade ao esquema. “Por isso, Luciano teria gerido fraudulentamente o BNDES a pedido de Guido Mantega”, diz outro trecho do documento.

Antonio Palocci teria recebido R$ 2,1 milhões de Joesley Batista para interferir nas operações econômicas já referidas. O valor teria sido encoberto por contrato simulado de prestação de serviço de assessoria.

Fonte: Metrópoles
TV Record afasta famoso repórter, após ser acusado de assédio por 12 mulheres

TV Record afasta famoso repórter, após ser acusado de assédio por 12 mulheres

Gerson de Souza repórter

(Notícias da TV) - Um dos repórteres mais experientes da Record, Gérson de Souza está sendo acusado de assediar sexualmente pelo menos 12 mulheres, a maioria delas colegas de Redação do Domingo Espetacular.
Sete denúncias foram feitas nesta semana ao departamento de Recursos Humanos da emissora.

Nesta quinta (23), sob orientação e com assistência jurídica da Record, duas delas registraram Boletim de Ocorrência por assédio sexual e difamação. E, no fim da tarde, mais cinco mulheres apresentaram queixa contra o profissional no RH.


Souza nega as acusações e diz que são "revanchismo" de uma das denunciantes uma produtora, repórter que atua atrás das câmeras na apuração de informações e agendamento de entrevistas e gravações. "Não houve nada, não assediei ninguém", defende-se ele.

O Notícias da TV falou com uma das vítimas, a que Souza acusa de "revanchismo"(sua identidade será mantida em sigilo). Profissional premiada (tem até Prêmio Esso), ela conta que no último dia 8 estava sentada em sua mesa na Redação, na Barra Funda, em São Paulo.

"Ele chegou por trás e me beijou na boca. Ficou mostrando a língua e saiu dizendo que roubado era mais gostoso. Foi nojento", diz. A jornalista afirma que as abordagens inconvenientes "já vêm de muitos anos", mas só decidiu denunciar Souza depois que o repórter começou a "difamá-la".


"Ele começou a gritar na Redação que eu era incompetente, que meu trabalho é uma bosta", lembra a profissional. Revanchismo Souza confirma a discussão na Redação.

"Eu reclamei com a chefia da qualidade das pautas dela, era roteiro que não tinha o nome do entrevistado, que não tinha informações", diz. "Estou vendo isso como revanchismo. Tenho certeza de que ela está reagindo a uma observação que fiz sobre a qualidade do serviço dela", sustenta.

O jornalista diz ser "de uma época em que se brincava [com mulheres]", mas nega que tenha assediado as colegas. "Isso é um grande mal-entendido". A Record confirma que está apurando denúncias de assédio, mas não revelou nomes nem números. Diz também que orientou as vítimas a procurarem as autoridades.
Namorada de Lula recebe R$ 17 mil em cargo de empresa que foi presidida por Gleisi

Namorada de Lula recebe R$ 17 mil em cargo de empresa que foi presidida por Gleisi

Namorada de Lula

A socióloga Rosângela da Silva, namorada do ex-presidente Lula (PT), é funcionária da estatal Itaipu Binacional e tem salário superior a R$ 17 mil reais. Conhecida como “Janja Lula da Silva”, ela foi contratada sem processo seletivo após a primeira eleição do petista e assumiu o escritório em Curitiba.

Na época, a empresa tinha como diretora financeira Gleisi Hoffmann (PT), a atual presidente do PT. As informações foram reveladas pela revista Veja.


Com a saída de Lula da presidência para dar o cargo a Dilma Rousseff (PT), Janja passou a trabalhar como assessora de comunicação e relações institucionais da Eletrobras. Em 2017, um mês antes de o ex-chefe do Executivo ser preso, Rosângela foi realocada para Itaipu, onde permanece até hoje, com o salário de R$ 17.537.

Janja é filiada ao PT desde os anos 80 e teve namoro assumido com Lula na semana passada, por amigos do ex-presidente. Segundo a revista, ela foi vista na sede da Polícia Federal em visita ao petista por sete vezes. A primeira, em junho de 2018, foi para comemorar o Dia dos Namorados.


Lula é viúvo desde 2017, quando sua Marisa Letícia morreu de derrame, aos 66 anos. O ex-presidente afirmou que pretende se casar com a socióloga quando sair da prisão. O petista está preso no âmbito da Lava Jato e reponde por corrupção e lavagem de dinheiro.

Fonte: Metrópoles
“Me obrigaram a jogar”, disse mãe de menina de 4 anos lançada do 5° andar

“Me obrigaram a jogar”, disse mãe de menina de 4 anos lançada do 5° andar

“Me obrigaram a jogar ela”, disse mãe de menina de 4 anos lançada do 5° andar

Mais detalhes vieram à tona no caso chocante da mãe suspeita de arremessar a filha de 3 anos da janela do apartamento onde viviam em São Paulo. Assim que jogou a menina enrolada em lençóis do quinto andar, ela teria perguntado aos bombeiros se a criança estava ferida. Em seguida, também se jogou do edifício. As duas sobreviveram.

“E ela teve traumatismo?”, perguntou a mulher à equipe que negociava a sua rendição. “Não teve, filha. Olha que coisa boa! Ela caiu sobre um carro e não se machucou”, disseram os socorristas, segundo informações do site G1.


E Fernanda Fernandes, 29 anos, ainda quis saber. “Mas eu vou sair daqui presa?”. “Não, você vai sair comigo. Sou enfermeira”, identificou-se uma profissional que estava junto ao resgate. “Me obrigaram a jogar ela (sic)”, justificou a mulher, sobre ter jogado a filha. Ela foi presa e está sob custódia no Hospital das Clínicas.

A menina caiu em cima de um carro. O dono do veículo, identificado como Júnior, contou à Globo News que chegava do supermercado na madrugada de quinta-feira (24/05/2019) com a esposa cadeirante. Assim que estacionou o automóvel e tirava as compras para guardá-las, escutou um barulho muito forte.


“Pensei que fosse uma cadeira. Mas vi que era uma menina. Ela caiu em cima do carro e quicou igual uma bola. Ficou uns segundos desacordada e depois veio na minha direção. Minha esposa a pegou no colo. Nunca vi uma coisa dessas”, ressaltou.

Fernanda era considerada uma pessoa exemplar pela família e conhecidos. A mulher sempre chamou atenção pela inteligência. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Ela estaria enfrentando problemas psiquiátricos. A mulher cursa geografia na concorrida Universidade de São Paulo (USP), onde foi integrante do Núcleo de Direito à Cidade. Também estagiou na Secretaria do Meio Ambiente do estado e assumiu uma monitoria no Parque de Ciências e Tecnologia da USP.


Antes de arremessar a filha e se jogar, Fernanda colocou fogo no apartamento. Ela vai responder pelo incêndio e homicídio tentado. A criança teve ferimentos leves e a mãe estava inconsciente quando resgatada. Ela apresenta diversas fraturas no corpo e seu estado é considerado grave.

Fonte: Metrópoles 
[Análise] Toffoli volta a falar de "fake news" e "fascistas" contra "valores democráticos"

[Análise] Toffoli volta a falar de "fake news" e "fascistas" contra "valores democráticos"


"Eu acho que vi um gatinho", dizia o passarinho Piu piu sempre que se percebia ameaçado pelo gato Frajola, em um dos desenhos infantis mais conhecidos do mundo. A citação não é por acaso. Ela ilustra a relação do brasileiro com a postura do atual ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Dias Toffoli esteve nesta sexta-feira (24) no seminário "Fake News: Desafios para o Judiciário, organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil", onde comentou sobre o tema com as seguintes declarações:


“Pesquisa realizada pelo Ideia Big Date e divulgada neste mês revelou que mais de dois terços das pessoas receberam fake news pelo Whatsapp durante a campanha eleitoral de 2018”, disse Toffoli ao classificar o fenômeno das fake news como abrangente e complexo, segundo informações da Agência Brasil.

“Esse processo [de desinformação] pode colocar em risco os processos e os valores democráticos”. Para o presidente do STF, esse ambiente também propicia o avanço do discurso de ódio. “São discursos que estimulam a divisão social a partir da dicotomia entre nós e eles e que remete ao fantasma das ideologias fascistas conforme explica Jason Stanley em obra extraordinária recente Como Funciona o Fascismo”, disse.

Justificativa para censura



Ora vejam só, o ministro Dias Toffoli, o mesmo que autorizou a censura do ministro Alexandre de Moraes contra à revista Crusoé, após matéria ligar o seu nome à delator da Lava Jato, e que provavelmente concorda com a abertura de um processo administrativo no CNJ  contra o procurador Deltan Dallagol por críticas so STF, etá falando agora em "valores democráticos".

Os termos utilizados por Toffoli indicam qual é a sua linha de raciocínio, que embora não explícita, parece insinuar a intenção de colaborar com medidas que visam impedir a propagação das chamadas "fake news" e dos "discursos de ódio".


Resta saber, porém, qual será o tribunal moralmente isento e politicamente correto para julgar quais seriam - de fato - "fake news" ou não. Pior ainda, o que seriam os tais "discursos de ódio".

A verdade é que na grande maioria das vezes em que tais temas são abordados, a verdadeira liberdade democrática é ameaçada. É preciso ficar de olho em tais declarações, porque elas soam como um cavalo de troia quando partem de pessoas de poder, e que já demonstraram ter algum apetite para o autoritarismo.

Por: Will R. Filho
Vai para a manifestação do dia 26? Saiba qual é a pauta comum dos manifestantes

Vai para a manifestação do dia 26? Saiba qual é a pauta comum dos manifestantes

Manifestações do dia 26

Ao longo desta semana ganhou corpo a organização de protestos marcados para o próximo domingo, dia 26 de maio, em apoio a uma série de propostas encaminhadas ao Congresso Nacional pelo governo do presidente Jair Messias Bolsonaro.

Todavia, algumas personalidades, muitas da própria área política, movimentos e parte da grande mídia veicularam informações contrárias à manifestação, baseados em um pequeno número de pessoas que fizeram declarações mais radicais, porém, que não refletem a real natureza do evento, segundo informações colhidas pelo Opinião Crítica ao longo da semana.


Com base nisso, resolvemos fazer uma síntese do que tem se apresentado como os principais objetivos do dia 26, a fim de esclarecer o público que por ventura ainda esteja em dúvida. São eles:

01 - Reforma da Previdência 

Os manifestantes vão pedir a aprovação do projeto de reforma elaborado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Vale destacar que o público do dia 26, ao menos em sua maioria, rejeita a ideia de um projeto alternativo, elaborado pelo Congresso, por isso muitos enfatizam a proposta como "projeto Paulo Guedes".


02 - Pacote anticrime

Os manifestantes querem a aprovação do pacote anticrime elaborado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, semelhantemente ao da Previdência, sem alterações substanciais no texto.

03 - CPI da Lava Toga

A "Lava Toga" é uma referência aos juízes das Cortes superiores do Brasil, especialmente do Supremo Tribunal Federal. A intenção dos manifestantes é pedir pela abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o uso do dinheiro público para os gastos destinados a essas instâncias, além de outras possibilidades, como o envolvimento em corrupção.


04 - MP870 (reforma administrativa)

A Medida Provisória 870 foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro no primeiro dia do seu governo, reorganizando os órgãos da presidência, os ministérios e suas atribuições, resultando por exemplo, na redução ministerial de 29 para 22 pastas.

Com isso, os manifestantes vão pedir a manutenção dessa estrutura (a redução de ministério já foi votada e confirmada pelo Congresso nesta quinta-feira, dia 23). Além disso, vão protestar contra a saída do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do ministério da Justiça (chefiado por Sérgio Moro), para retornar ao ministério da Economia.


Segundo o ministro Sérgio Moro, a permanência do Coaf em seu ministério facilitaria a investigação de crimes fiscais, um dos grandes alvos da operação Lava Jato.

Além desses pontos, o "repúdio ao centrão", isto é, aos políticos e partidos de centro-esquerda que se uniram para tentar barrar ou alterar as propostas do governo, também aparece como intenção de pauta nas redes sociais, todavia, com menos frequência do que os demais listados acima.

Sem radicalismo


Como é possível notar, baseado em nossa coleta de informações junto aos grupos que se mobilizam para o ato, não é ponto comum na pauta para o dia 26 intenções mais radicais, como o fechamento do Congresso Nacional e do STF. O próprio presidente Jair Bolsonaro se manifestou contrário a esses discursos, conforme já noticiado.


Assim, quem for participar do ato no dia 26 deve ficar atento aos pontos listados acima. Abaixo, segue a lista das cidades, com os respectivos pontos de encontro e horário onde haverá a manifestação, segundo informações do movimento Avança Brasil:

ACRE

Rio Branco/AC – Esplanada do Palácio Rio Branco – Centro, 16h
Cruzeiro do Sul/AC – Praça Orleir Cameli, 8h

ALAGOAS

Arapiraca/AL – Bosque das Arapiracas, 15h
Maceió/AL – Corredor Vera Arruda, 9h
Santana do Ipanema/AL – Praça Dr. Adelson Isaac de Miranda, 19h.

AMAPÁ

Macapá/AP – R. Beira Rio – Santa Inês, 16h

AMAZONAS

Itacoatiara/AM – Bosque dos Seringueiros, 16h
Manaus/AM – Praia Ponta Negra, 9h

BAHIA

Alagoinhas/BA – Praça Rui Barbosa, 9h30
Barreiras/BA – Praça das Corujas, 9h30
Camaçari/BA – Praça Montenegro, 9h30
Feira de Santana/BA – Praça da Matriz, 9h30
Itabuna/BA – Alameda da Juventude, em frente ao Módulo Center, 10h
Jaguari/BA – Praça Principal, 10h
Jequié/BA – Praça da Bandeira, 9h30
Juazeiro/BA – Praça Santiago Maior, 9h30
Paulo Afonso/BA – Av. Getúlio Vargas – Praça da Bíblia, 15h
Salvador/BA – Farol da Barra, 9h30
Santo Antônio de Jesus/BA – Praça Padre Mateus, 9h30
Teixeira de Freitas/BA – Praça da Prefeitura, 15h
Vitória da Conquista/BA – Praça Guadalajara – rumo O. Flores. 09h

CEARÁ

Fortaleza/CE – Praça Portugal, 16h
Sobral/CE – Boulevard do Arco, 17h

DISTRITO FEDERAL

Brasília/DF – Esplanada dos Ministérios, 10h

ESPÍRITO SANTO

Vila Velha/ES – Posto Moby Dick, 15h
Vitória/ES – Praça do Papa, 16h
Guarapari/ES – Posto do Dino, 16h

GOIÁS

Anápolis/GO – Praça Dom Emanuel, 15h
Jaraguá/GO – Praça do Coreto, 15h
Goiânia/GO – Praça Cívica, 9h
Nova Glória/GO – Posto Bela Vista, 16h
Porangatu/GO – Sind Rural, 16h

MARANHÃO

Açailândia/MA – Praça do Mercado, em frente ao Açaí Hotel, 16h
Bequimão/MA – Praça do Cemitério, 8h
Caxias/MA – Praça Pantheon, 15h
Imperatriz/MA – Praça da Cultura – 9h
São Luis/MA – Praça Dom Pedro II, 9h

MATO GROSSO

Cuiabá/MT – Praça das Bandeiras, 15h
Lucas Do Rio Verde/MT – Av Amazonas – próximo ao Posto Tibirissa-1, 16h
Rondonópolis/MT – Av: Lions Internacional, 16h

MATO GROSSO DO SUL

Campo Grande/MS – Av. Afonso Pena, 15:30h
Três Lagoas/MS – Praça Ramez Tebet – Centro, 13h

MINAS GERAIS

Belo Horizonte/MG – Praça da Liberdade, 10h
Conselheiro Lafaiete/MG – Praça da Rodoviária, 10h
Dourado/MG – Praça Antônio João, 15h
Ipatinga/MG – Trevo Canaã/Betânia, 9h30
Itabira/MG – Praça Acrísio – Centro, 9h
Patrocínio/MG – Praça Santa Luzia, 15h
Gonzaga/MG – Rua Antônio Perpétuo, 10h
Governador Valadares/MG – Praça dos Pioneiros, 9h
Ipatinga/MG – no trevão do Jardin Panorama, 10h
João Monlevade/MG – Praça do Lindinho 10h
Juíz de Fora/MG – Parque Halfeld, 10h
Muriaé/MG – No Cristo Redentor, 14h
Poços de Caldas/MG – Em frente à Praça Pedro Sanches, 11h
Uberlândia/MG – Praça Clarimundo Carneiro, 15h
Uberaba/MG – Praça Pôr do Sol, 10h

PARÁ

Altamira/PA – Praça do Polivalente, 9h
Belém/PA – Escadinha da Estação das Docas, 8h
Santarém/PA – Orla de Santarém, em frente à Praça do Pescador, 17h
Parauapebas/PA – Banbuzal, 16h
Vigia/PA – Posto Boa Vista, 16h

PARAÍBA

Campina Grande/PB – Praça das Bandeiras, 16h
João Pessoa/PB – Busto Tamandaré, 15h

PARANÁ

Cascavel/PR – Catedral de N. Sra Aparecida, 15h
Curitiba/PR – Praça Santos Andrade, 14h30
Foz do Iguaçu/PR – Praça do Mitre, 10h
Londrina/PR – Av. JK c/ Higienópolis – Rotatória, 15h
Maringá/PR – Catedral de Maringá, 15h

PERNAMBUCO

Carpina/PE – Em frente ao Restaurante Dona Benta, 10h
Caruaru/PE – Em frente ao Grande Hotel, 9h
Garanhuns/PE – Relógio das Flores, 14h
Petrolina/PE – Praça Dom Malan, 16h
Recife/PE – Padaria de Boa Viagem, 14h

PIAUÍ

Teresina/PI – Ponte Estaiada, 16h
Parnaíba/PI – Matriz de São Sebastião, 16h

RIO DE JANEIRO

Campos dos Goytacazes/RJ – BR 101 – Igreja Nossa Senhora do Rosário, 10h
Itaperuna/RJ – Concha Acústica, 15h
Macaé/RJ – Orla da Praia dos Cavaleiros, 15h
Nova Iguaçu/RJ – Prefeitura, 9h
Nova Friburgo/RJ – Em frente ao centro de turismo, 15h
Piraí/RJ – Praça da Preguiça – Centro, 10h
Rio de Janeiro/RJ – Posto 5, Copacabana, 10h

RIO GRANDE DO NORTE

Mossoró/RN – Posto do Ceguinho, 15h
Juazeiro do Norte/RN – Praça do Giradouro, 16h
Natal/RN – Midway Mall, 15h

RIO GRANDE DO SUL

Alegrete/RS – Praça Principal, 16h
Ijuí/RS – Praça da República, 15h
Gramado/RS – Em frente o festival de cinema, 15h
Garibaldi/RS – Na esquina do Porto Shell rua independência, 15h
Novo Hamburgo/RS – Praça Punta Del Leste, 15h
Osório/RS – Praça das Carretas, 15h
Passo Fundo/RS – Praça Tamandaré, 15h
Pelotas/RS – Em Frente a Prefeitura, 15h
Porto Alegre/RS – Parcão, 15h
Santa Cruz do Sul/RS – Praça da Bandeira, 15h
Santa Maria/RS – Praça Saldanha Marinho, 15h
Santo Angelo/RS – Praça Pinheiro Machado, 15h
São Leopoldo/RS – Praça Central, 15h
São Lourenço do Sul/RS – Praça Central, 15h
Uruguaiana/RS – Praça do barão, 16h

RONDÔNIA

Rolim de Moura/RO – Em frente da Igreja Matriz, 16h
Porto Velho/RO – Espaço Alternativo, 16h

RORAIMA

Boa Vista/RR – Praça do Centro Cívico, 15h

SANTA CATARINA

Araranguá/SC – Relógio do Sol, 15h
Barra Velha/SC – Praça Lauro Loyola, 16h
Balneário Camboriú/SC – Praça Almirante Tamandaré, 15 hs
Blumenau/SC – Em frente à Prefeitura, 16h
Camboriú/SC – Praça Higino Pio, 15h
Canoinhas/SC – Igreja Matriz, 16h
Chapecó/SC – Praça Cel. Bertaso 15h
Criciúma/SC – Parque das Nações, 16h
Concórdia/SC – Praça Degelo Goss, 16h
Florianópolis/SC – Em frente da Catedral, 16h
Gaspar/SC – Igreja Matriz, 9h
Itapema/SC – AV. Nereu Ramos, 15h
Itajaí/SC – Praça da Beira Rio, 15h
Joinville/SC – Praça da Bandeira, 16h
Jaraguá do Sul/SC – Praça Ângelo Piazera, 15h30
Lages/SC – Mon. Correia Pinto, 16h
Pinhalzinho/SC – Praça Central, 10h
Piratuba/SC – Em frente praça ferrovia, 16h
Rio do Sul/SC – Parque Hary Hobus, 16h
Tubarão/SC – Praça 7 de Setembro, 15h

SÃO PAULO

Americana/SP – Av. Campos Salles, em frente à Nardini, 14h
Araçatuba/SP – Em frente a Loja Havan, 10h
Araraquara/SP – Praça Parque Infantil, 14h
Atibaia/SP – Bragança Paulista, Lago do Taboão, 10h
Bauru/SP – Av. Nações Unidas Norte, 10h
Birigui/SP – Em frente a Rádio Tropical FM, 9h
Bragança Paulista/SP – Lago do Taboão, 10h
Bebedouro/SP – Em frente da Prefeitura, 15h
Cajobi/SP – Praça da Matriz às 13h
Catanduva/SP – Praça da Matriz, 9h30
Campinas/SP – Largo do Rosário, 9h30
Fernandópolis/SP – Na praça da matriz, 10h
Franca/SP – Praça Matriz, 14h
Guaíra/SP – Centro, 9h
Guaratinguetá/SP – Av. Presidente Getúlio Vargas, 10h
Guarujá/SP – Vicente de Carvalho – Praça 14 Bis, 14h
Itapeva/SP – Praça de Eventos, 14h
Ituverava/SP – Praça Dez de Março, 14h30
Jales/SP/SP – Praça e Avenida Central, 9h
Jundiaí/SP – Avenida 9 de Julho, 14h
Limeira/SP – Praça Toledo Barros, 14h
Lins/SP – Altos da Floriano, 14h
Marília/SP – Av. Tancredo Neves – Centro , 9h
Mogi das Cruzes/SP – Avenida Cívica, 10h
Mogi Mirim/SP – Lago do Lavapes, 9h
Osvaldo Cruz/SP – Rotatória do Cristo, 8h30
Penápolis/SP – Santa Leonor, 14h
Piracicaba/SP – Praça José Bonifácio, 10h
Presidente Prudente/SP – Av. Quatorze de Setembro, em frente à TV Fronteira, 14h
Regente Feijó/SP – Em frente do Ginásio de Esportes, 10h
Santa Fé do Sul/SP – Estacionamento do UNIFUNEC, 10h
Santo André/SP – Paço Municipal, 14h
São José do Rio/SP – Mercadão, 10h
Santa Bárbara/SP – Americana/SP, Av. Campos Salles, em frente à Nardini, 14h
Santos/SP – Praça da Independência, 15h
São Paulo/SP – Av. Paulista, em frente à FIESP, 14h
Sorocaba/SP – Paço Municipal, 9h
Sumaré/SP – Praça das Bandeiras, 10h
Tanabi/SP – Em frente a Wolks, 15h
Votuporanga/SP – Concha Acústica, 14h

SERGIPE

Aracaju/SE – Calçadão da 13
Simão Dias/SE – Em frente da Churrascaria Girassol, 15h

TOCANTINS

Palmas/TO – Praça dos Girassóis – 8h

ESTADOS UNIDOS

Boston, Estacionamento da Target Everett, 13h
Nova Iorque, Times Square/ Escada da Coca, 12h
Washington DC, 3006 Massachusets Ave NW, 14h

INGLATERRA

Londres, em frente da Embaixada do Brasil, 15h

Pai vai à Polícia denunciar professor que hostilizou seu filho por defender Bolsonaro

Pai vai à Polícia denunciar professor que hostilizou seu filho por defender Bolsonaro

Pai do aluno fez Boletim de Ocorrência contra o professor. Reprodução: Thathi

SÃO PAULO, 24 de maio (Thathi) - O fisioterapeuta Marcos Eduardo Giacomini procurou a Polícia Civil de Ribeirão Preto nesta sexta-feira (24) para denunciar que o filho dele, de 12 anos, teria sido constrangido por um professor de história da Escola Municipal Eduardo Romualdo de Souza, na Vila Virgínia.

Segundo o rapaz, o episódio teria acontecido durante uma conversa sobre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) em sala de aula, na tarde desta quinta (24).

“Meu filho estava conversando com uma amiga sobre o Bolsonaro e, ao ouvir o debate entre os dois, esse professor se intrometeu e disse para a garota mandar o amigo calar a boca”, afirma.



Depois disso, ainda de acordo com a versão apresentada pelo pai, o menino teria respondido ao professor que “se ele tivesse ideias políticas melhores, poderia ter se candidato à presidência”.

“Com a resposta, o professor fez uma votação para saber quais alunos eram a favor e contra o presidente. Em seguida, ele chamou o meu filho de moleque e afirmou que a criança estava proibida de frequentar aquelas aulas, por ter mencionado o nome de Bolsonaro”, completa o fisioterapeuta.

Pelo Boletim de Ocorrência registrado sobre o caso, a reportagem também teve acesso à informação de que essa discussão teria acontecido no fim de aula e que o estudante teria pedido para ir embora, já que teria ficado com dor de cabeça.



O pai conta que decidiu levar os relatos da criança até a delegacia porque pretende tomar as providências para que “professores saibam distinguir conteúdo de opinião pessoal”.

Procurada para comentar ou apresentar um possível outro lado do caso, a Secretaria Municipal de Educação ainda não se pronunciou. [Reportagem no vídeo abaixo]