Sikêra tem vitória na Justiça contra Xuxa, após pedido dela contra o seu programa

O apresentador Sikêra Jr. teve a sua primeira vitória na Justiça contra a “rainha dos baixinhos” Xuxa Meneghel, após a apresentadora entrar com um pedido para que o programa Alerta Nacional fosse retirado do ar.

A decisão foi tomada pelo juiz César Peixoto, em despacho liberado no último dia 18. Ele entendeu que o pedido de Xuxa não possui respaldo suficiente. O processo movido pela apresentadora foi uma reação à associação que Sikêra fez dela com a pedofilia (entenda aqui).

“Processe-se o recurso, sem efeito suspensivo, diante da ausência de plausibilidade dos argumentos articulados, sobretudo porque eventual exagero do conteúdo das informações/reportagens dependeu de avaliação futura e mais aprofundada, sem embargo da possibilidade, em tese, da retirada do programa do ar, sob pena de censura prévia”, diz um trecho da decisão de Peixoto.

O pedido para que o processo ocorresse em segredo de Justiça também foi negado. O juiz entendeu que o caso já havia repercutido bastante nos meios de comunicação, e que o mesmo não trouxe prejuízos ao caso.

“Indefiro o segredo de Justiça, porque a hipótese seguiu a regra da publicidade ampla inexistindo qualquer tipo de constrangimento à exposição”, concluiu Peixoto, segundo o Notícias da TV. Xuxa, por sua vez, já recorreu na noite da quinta-feira. Veja também:

Xuxa diz que fez filme com cena erótica com criança de 12 anos por causa de Pelé