“Quero ver ministros do STF cassados também, não são deuses”, diz deputado federal

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) usou o seu momento de votação em sessão que ocorre neste momento na Câmara dos Deputados, a fim de avaliar a chamada “PEC da Imunidade”, para criticar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), entre outros.

“Quero ver ministros do STF cassados também, não são deuses”, disse ele, “nem todos da verdade”, disparou o parlamentar, criticando a prisão do deputado Daniel Silveira, preso por ordem do ministro Alexandre de Moraes, após a divulgação de um vídeo onde Silveira aparece xingando os magistrados.

Para Nunes, “364 deputados votaram contra a Constituição”, junto com o STF, ao ratificar a prisão de Silveira. A PEC da Imunidade, por sinal, foi elaborada como uma reação da Câmara diante da polêmica envolvendo os poderes Legislativo e Judiciário.

“Respeitem o poder Legislativo”, disse Nunes, afirmando que vê “muitas vantagens” na PEC para proteger a separação dos poderes. O deputado disse que é contra a forma como Daniel Silveira se expressou, mas não concorda com a condução da prisão do colega. Assista abaixo: