“A CPI está tomando um caminho perigoso”, diz senador ao criticar Renan Calheiros

Ao longo da semana, um dos assuntos mais comentados no mundo político foi e continua sendo a CPI da Pandemia, e não por acaso, tendo em vista o comportamento do relator da Comissão, o senador Renan Calheiros, que vem sendo bastante criticado por deixar evidente em sua postura interesses políticos contra o governo.

Quem também se manifestou sobre isso foi o senador Marcos do Val, o qual apontou um comportamento “desequilibrado” do relator ao conduzir seus trabalhos na CPI. Segundo Marcos do Val, o rumo que a Comissão está tomando é “perigoso”.

“A CPI está tomando um caminho perigoso. A gente claramente vê movimentos políticos, não movimento investigatório para chegar a conclusões”, criticou o senador, citando especificamente o depoimento do ex-secretário de Comunicação do governo, Fabio Wajngarten. Na ocasião, Renan chegou a pedir a sua prisão.

“Na oitiva do Fabio ter feito um pedido de prisão mostrou um desequilíbrio do relator. A CPI não pode caminhar para esse caminho. Precisa seguir para decisões equilibradas”, pontuou do Val ao conceder entrevista para a CNN Brasil, segundo o UOL.

“O presidente da CPI foi perfeito em sua colocação, não acabou o pedido de prisão. Isso acaba atrapalhando as próximas oitivas, como o próprio Pazuello. Ele é um general, ex-ministro da saúde, de repente está em uma posição que o relator pode dar uma voz de prisão. A gente precisa de cautela, ter decisões equilibradas, ponderadas”, concluiu.