Manaus: o bode expiatório da Globo, esquerda e o estabelecimento corrupto

Manaus: o bode expiatório da Globo, esquerda e o estabelecimento corrupto
Reprodução: Google

Sou um crítico do Presidente Jair Bolsonaro, acho ele imprudente em algumas questões. Acho que ele se expõe aos inimigos de forma infantil, deveria ser mais estratégico. Errou na indicação do Ministro Cássio para o STF; errou na postura em relação ao Rodrigo Maia; errou na falta de combate à ideologia; errou com seu silêncio em relação às vozes conservadoras, abandonadas por ele.

Mas vamos ao ponto da questão: Manaus e o uso do ”bode expiatório” girardiano. A intenção é novamente colocar a culpa no governo federal pelas tragédias que ocorrem no Brasil, uma prática que o sociólogo René Girard chama de ”bode expiatório”.

Significa achar um culpado por minha falta de responsabilidade, por não entender a complexidade, por perversão ou para derrubar um poder legítimo e pedir a queda ou a morte como alguns desejam.

No Brasil o bode é toda uma engenharia da parceria sistema judiciário, esquerda e os oportunistas do estabelecimento corrupto. Temos aí a tríade das amarras que não permitem um Brasil melhor.

Então a turma do quanto pior, melhor, sempre procura um estopim para justificar a morte do bode, no caso o impeachment do presidente pela tragédia do oxigênio dos hospitais de Manaus, que afirmo ser uma situação triste e lamentável de responsabilidade do Município e Governo Estadual

Sempre é bom relembrar (parte dos brasileiros tem problemas de memória e caráter) que o STF decidiu que o Governo Federal estaria proibido de qualquer intervenção nos Estados e Municípios do país, dando toda a liberdade para governadores e prefeitos em relação as políticas públicas do covid-19 [veja aqui, aqui e aqui].

Jornal Estado de Minas sobre decisão do STF que proibiu interferência do Governo Federal nos estados e município sobre decisões referentes ao combate da pandemia.
Jornal Estado de Minas sobre decisão do STF que proibiu interferência do Governo Federal nos estados e município sobre decisões referentes ao combate da pandemia. Reprodução: print da web.

Com toda dificuldade e perseguição por parte desta tríade cancerígena, o Governo Federal ainda assim investiu bilhões em Manaus e enviou um avião da FAB com respiradores e esquipes do Ministério da Saúde para socorrer. Ação elogiada inclusive pelo prefeito.



Aos que surfam na onda do ”ele é o culpado”; como o Deputado Federal Marcelo Freixo que pediu ”impeachment ou morte”; o genocida; o homem do caos; a turminha do panelaço – eu digo: Vocês merecem o retorno do petismo! Merecem ver um avanço agressivo das políticas totalitárias da esquerda nesta República; merecem passar tudo que os venezuelanos estão passando, fugindo da sua nação para pedir abrigo, esmolas nos países vizinhos.

Mas, infelizmente este merecer recai sobre aqueles que estão lúcidos, que lutam por um país melhor para seus filhos, e por isso somos a resistência!

Somos aqueles que estarão nas ruas para defender este mandato legítimo, este governo que estancou a sangria da desordem financeira, que em meio a uma terrível pandemia assistiu, auxiliou seu povo financeiramente e manteve a economia de pé.

Isto não tem a ver com ser bolsonarista, tem a ver com ordem e amor ao país. Um processo de impedimento agora, neste contexto, seria uma tragédia para economia e não deixaria o Brasil sair desta crise e retornar aos trilhos do desenvolvimento e crescimento da nação.

Os que desejam derrubar o presidente estão seguros em seus empregos públicos, recebendo todo mês quantias enormes e desfrutando dos privilégios da imunidade e do poderio dos seus cargos. Acordem brasileiros! Acordem urgentemente, pois nosso país está sendo golpeado por marginais de gravatas!

Você usaria uma camisinha com 50,38% de eficácia?