Amazônia

"Países que legalizam aborto não têm moral pra falar de árvores", diz filósofo

Autor do livro "A Imaginação Totalitária", Francisco Razzo criticou o oportunismo estrangeiro na questão da Amazônia

23/08/2019 14h22
Por: Will R. Filho
Autor do livro
Autor do livro "A Imaginação Totalitária", Francisco Razzo criticou o oportunismo estrangeiro na questão da Amazônia

Mestre em Filosofia pela Universidade São Paulo e autor dos livros "A Imaginação Totalitária" e "Contra o Aborto", o filósofo e professor Francisco Razzo usou suas redes sociais para criticar o oportunismo estrangeiro ao tratar dos incêndios na Amazônia. 

"Com todo respeito, mas países que legalizam aborto não têm moral nenhuma pra falar de árvores", postou Razzo, destacando em particular a manifestação do presidente francês, Emmanuel Macron, dizendo que ele "não é um idiota", como sugeriu o deputado Eduardo Bolsonaro, "mas um oportunista".

No livro "A Imaginação Totalitária", lançado em 2016, Francisco Razzo aborda justamente o caráter autoritário das ideologias políticas, tanto da esquerda como da direita, destacando a necessidade de ruptura com esse viés dualista, visto pelo autor como algo capaz de levar aos extremos.

Às declarações intimidatórias de países como a França e a Alemanha contra o Brasil, por exemplo, por causa da Amazônia, seriam exemplos desses extremismos, neste caso motivados pela narrativa ambientalista. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas