Financiamento

Governo: CAIXA anuncia redução de até 51% nas prestações da casa própria

"Estamos dando sinais que queremos fazer um Brasil melhor para todos”, disse o presidente Bolsonaro

21/08/2019 07h55
Por: Opinião Crítica

O governo federal lançou, na terça-feira (20/08/2019), uma nova linha de financiamento habitacional pela Caixa Econômica Federal com atualização de dívidas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ou seja, pela taxa da inflação oficial. Com isso, será possível reduzir o preço da prestação do imóvel em até 51%, diz o banco.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, destacou que o novo modelo de cálculo traz “taxas mais justas” aos brasileiros. “A Caixa é o banco da habitação e das pessoas mais carentes”, frisou.

Agora, a Caixa, além de oferecer o financiamento pela taxa referencial de juros — Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI)–, disponibilizará uma segunda linha de crédito ligada ao IPCA. “Quem escolhe é o cliente”, salientou.

As novas regras começam a valer a partir da próxima segunda-feira (26/08/2019) para novos contratos. A Caixa passará a calcular o crédito imobiliário com IPCA+2,95% ao ano até IPCA+4,95% ao ano. A prestação será reajustada a partir da divulgação da taxa pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os contratos de financiamento habitacional com atualização pelo IPCA seguirão o prazo máximo de 360 meses e quota máxima de parcelamento de 80% do valor do imóvel. As novas taxas variam de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.

Num imóvel de R$ 300 mil, começa-se pagando cerca de R$ 3 mil e é possível reduzir até 51% do valor da prestação, passando a pagar pouco mais de R$ 1,5 mil. “A redução real no valor da prestação varia de 35% a 51%”, afirma o presidente do banco público.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que a medida é “bem-vinda para a sociedade”. “Todo mundo ganha. Essa medida vem de (sic) encontro ao que as pessoas esperam da gente. Estamos dando sinais que queremos fazer um Brasil melhor para todos”, comemorou.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, destacou que a nova linha de crédito aquece a economia brasileira. “O cálculo pelo IPCA flexibiliza o mercado, barateia o preço, fomenta a competição, diversifica o volume de recursos disponíveis para crédito imobiliário e diminui o valor da prestação”, avaliou.

Também participaram do lançamento o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), e o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes.

Em junho, a Caixa reduziu 1,25% ponto percentual nas taxas de juros para operações pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). (Metrópoles)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Mais lidas