Bolsonaro

Resultado negativo do exame de Bolsonaro desmoraliza os críticos e parte da imprensa

Resta saber agora qual será a nova narrativa da extrema-imprensa sobre os exames de Bolsonaro.

13/05/2020 16h43
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google
Reprodução: Google

A extrema-imprensa tentou desmoralizar o presidente da República, Jair Bolsonaro, insinuando que o mesmo teria mentido ao dizer que testou negativo para o novo coronavírus e estaria buscando esconder a verdade da população.

Entretanto, foi a própria extrema-imprensa que terminou desmoralizada, após a divulgação completa dos três exames realizados por Bolsonaro, sendo todos negativos para a Covid-19.

Por questão de privacidade, certamente buscando evitar vazamentos e especulações midiáticas diante de resultados precipitados, a presidência utilizou os codinomes Airton Guedes e Rafael Augusto Alves da Costa Ferraz para a realização dos exames do presidente.

Os três laudos médicos foram divulgados, conforme poderá ver nas imagens abaixo. Resta saber agora qual será a nova narrativa da extrema-imprensa.

Para opositores que ainda acreditam que o presidente forjou a própria tentativa de assassinato, em 2018, dizer que os exames também teriam sido falsificados é o de menos. Confira abaixo:

  • Resultado negativo do exame de Bolsonaro desmoraliza os críticos e parte da imprensa
  • Resultado negativo do exame de Bolsonaro desmoraliza os críticos e parte da imprensa
  • Resultado negativo do exame de Bolsonaro desmoraliza os críticos e parte da imprensa