Desemprego

Sindicato alerta: 90 mil bares e restaurantes podem fechar por falta de movimento no ES

O presidente da instituição disse que ao menos 14 mil pessoas já foram desligadas das suas funções.

26/03/2020 12h38Atualizado há 2 semanas
Por: Will R. Filho
Reprodução: Google/montagem
Reprodução: Google/montagem

A crise no setor de serviços em decorrência do isolamento por conta do coronavírus está se agravando rapidamente. Só no Espírito Santo, até 90 mil bares e restaurantes podem fechar por falta de movimento, alertou o Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do estado, o Sindbares.

Esse número representa 60% de todos os estabelecimentos comerciais da categoria, e ele reflete diretamente as consequências do isolamento em massa da população determinado pelo governo como medida de proteção contra a pandemia do coronavírus.

"Estimamos que cerca de 14 mil pessoas já foram desligadas e o número ainda não é maior por estarmos aguardando as medidas de auxílio dos governos. Se permanecerem as restrições por mais alguns dias, cerca de 60% dos estabelecimentos não conseguirão retornar", afirmou o presidente da entidade, Rodrigo Vervolet, segundo A Gazeta.

Apenas restaurantes e lanchonetes podem funcionar no estado, mas apenas até às 14h, enquanto todos os bares e comércios em geral não podem abrir durante todo o dia. Justamente por causa das consequências da falta de atividade econômica que prejudica os trabalhadores, o presidente Jair Bolsonaro tem defendido a reabertura dos estabelecimentos nos últimos dias.

"Se estivesse pensando em mim, lavaria as mãos e jogaria para a platéia, como fazem uns. Penso no povo, que logo enfrentará um mal ainda maior do que o vírus se tudo seguir parado. Não condenarei o povo à miséria para receber elogio da mídia ou de quem até ontem assaltava o país", afirmou o presidente na manhã desta quarta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Blogs e colunas
Últimas notícias
Bloco responsivo Opinião Critica - 300x250- posição 03
Mais lidas