“Uma peça de propaganda”, diz jornalista sobre a entrevista de Mandetta na Globo

O jornalista e escritor Rodrigo Constantino avaliou a entrevista concedida pelo ministro da Saúde, Henrique Mandetta, ao programa Fantástico no último domingo, dia 12.

Para Constantino, não se tratou de entrevista jornalística, mas sim de uma “peça de propaganda” política, e isto por alguns fatores considerados “simbólicos” por ele.

Primeiro, por exemplo, o fato da entrevista ter sido pconcedida à maior rival do presidente Bolsonaro, a rede Globo, em horário e programas nobres de grande repercussão.

Segundo, por ter sido gravada, segundo Constantino, no palácio do governo de Goiás, gerido hoje por Ronaldo Caiado, o qual já criticou Bolsonaro no contexto da pandemia, se aproximando do ministro Mandetta.

E terceiro, pelo aparente apelo à vida pessoal de Mandetta, uma vez que já no início da entrevista a reportagem explorou o lado familiar do ministro, transmitindo um tom emocional ao telespectador. Assista a análise abaixo: