“O álcool gel funciona”, diz secretário de saúde ao rebater fake news na internet

O secretário de saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, que é médico com doutorado em Biologia, defendeu o uso de álcool gel na limpeza das mãos como um dos métodos de prevenção do novo coronavírus. Ele rebateu mensagens de fake news que circulam pela internet, sugerindo tratamentos caseiros à base de chás ou vinagre.

“O álcool gel funciona e a lavagem das mãos com água e sabão também funciona muito bem. Dentro do ambientes hospitalar o protocolo é com álcool gel, que permite a assepsia para outros germes, além do coronavírus”, afirmou Edmar Santos à imprensa na sexta-feira (28).

“Vinagre, chá ou qualquer outra coisas que não estão descritas não têm validade. Não há até o momento vacina, nenhum remédio que se mostre eficaz, nenhum chá específico, de nenhuma erva”, esclareceu o secretário.

Ele falou com os jornalistas no Palácio Guanabra, ao lado do secretário da Casa Civil, André Moura, e do diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada, delegado Delmir Gouvêa.

Além de atualizar os números da doença no estado, as autoridades fizeram questão de atacar a propagação de fake news, notícias sem fundamento espalhadas por redes sociais, que acabam atrapalhando os esforços do governo em conduzir a situação.

Em uma das mensagens viralizadas na rede, um homem que se apresenta como químico afirma que o álcool gel não tem nenhuma eficácia contra o vírus e sugere o uso de vinagre. Segundo o delegado, já há investigações em curso, tentando identificar e punir os autores dessas notícias falsas.