Moradores fazem protesto contra lockdown na Bahia: “Quem manda agora somos nós”

A Bahia terá restrição das atividades não essenciais a partir desta sexta-feira (26) até as 5h de segunda-feira (1º), numa tentativa de conter o avanço da Covid-19, mas moradores de Porto Seguro resolveram protestar contra o novo decreto e saíram às ruas para mandar um recado ao governador.

A medida foi divulgada na quinta (25) pelo governador do estado, Rui Costa (PT-BA), e pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis. De acordo com o governador, bares e restaurantes não terão funcionamento presencial em nenhum horário a partir do início do período de restrição, e a venda de bebidas alcoólicas está proibida durante esse período, inclusive em supermercados.

Os shoppings também ficarão fechados no final de semana, o que despertou a ira da população de Porto Seguro, que alega não haver motivos para ser inserida no lockdown em nível estadual. Populares com cartazes e também empresários saíram para protestar e dizer que “quem manda agora somos nós”.

Em um dos vídeos que circulam nas redes sociais, também a parece a médica Raissa Soares, que agora é Secretária de Saúde de Porto Seguro, negando que exista colapso na cidade. Ela ficou nacionalmente conhecida por defender o tratamento precoce contra o novo coronavírus. Assista abaixo: