Cabrini: “Brasil apresenta o 2º maior caso de sucesso no controle do coronavírus”

O jornalista Roberto Cabrini, apresentador do programa Conexão Repórter, transmitido pelo SBT, afirmou que o Brasil enfrenta a pandemia do novo coronavírus de forma muito melhor do que a grande maioria dos países.

“Vamos bater um papo sério. Nesse hospital que você acabou de ver [Hospital Municipal Antônio Giglio, em Osasco (SP)], que é público, existem muitos leitos e UTI à disposição. Em outros particulares, a gente checou, a situação é a mesma”, disse ele.

A declaração do jornalista vai na contramão do que grande parte da mídia faz parecer em relação à pandemia da Covid-19 no Brasil. Ou seja, que há vagas sobrando nos hospitais, e não o contrário.

“Se a gente considerar a evolução da doença nesses 32 dias de pandemia no país, o Brasil apresenta o segundo maior caso de sucesso de controle de coronavírus até aqui atrás apenas da Coreia do Sul”, afirmou Cabrini.

Cabrini observou um ponto de grande importância, que são os gastos públicos para lidar com a pandemia. Se tratam de bilhões repassados aos estados e municípios, retirados dos cofres públicos em caráter emergencial com base em informações que, agora, no contexto brasileiro, parecem ter sido motivadas mais por especulação do que pelos fatos.

“É possível que daqui a um ano mais do que pandemia, estejamos falando do alarmante número de contratos sem licitação assinados em caráter de emergência para compras de equipamentos médicos e produtos de proteção superfaturados”, disse ele.

“Tudo isso é claro tirando proveito do clima criado até esse momento, o clima de pandemia. O número de vitimas recuperados de Covid-19 é seis vezes mais do que o número de vítimas fatais”, conclui o jornalista, segundo o Observatório da TV.