“A letalidade do H1N1 pode ser muito maior” que o coronavírus, diz Osmar Terra

O ex-ministro da Cidadania, Osmar Terra, fez uma nova publicação questionando a forma aparentemente tendenciosa com que parte da imprensa vem tratando a pandemia do novo coronavírus.

Terra mostrou uma pesquisa recente que compara o nível de letalidade (capacidade de matar) do vírus H1H1 (gripe suína) e do Covid-19 (coronavírus), onde, segundo ele, revela ser o primeiro mais letal que o segundo.

“Sobre o debate da letalidade do H1N1 X coronavírus apresento a revisão mais consistente de trabalhos científicos publicados sobre o assunto, mostrando que a letalidade do H1N1 pode ser muito maior do que admite a OMS”, afirmou o ministro em sua conta no Twitter.

Osmar Terra, que é médico e possui trabalhos publicados na área, tem sido um crítico feroz da quarentena adotada pelos estados contra o coronavírus. Segundo o deputado, o isolamento não impede a proliferação “natural” do vírus.

“O número de doentes não diminui, a curva está subindo direto, quase que um foguete, então a quebradeira da economia, a destruição da economia vai ser muito pior a curto e médio prazo. Isso é que o presidente está dizendo”, explicou o deputado em uma videoconferência realizada pela Necton Investimentos recentemente.

“Eu falo como médico e só me baseio em evidências científicas”, disse ele em uma entrevista para o portal Estradas. “Eu sou totalmente contra a quarentena, não adianta nada, afirmou o ex-ministro em outra ocasião. Para acessar o estudo divulgado por ele, clique aqui.