CNBB defende o Papa após fala a favor da união civil gay: “Fala com coração aberto”

CNBB defende o Papa após fala a favor da união civil gay:
Reprodução: Google

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) saiu em defesa do papa Francisco, após o mesmo ser alvo de críticas por defender o direito dos homossexuais no tocante à união civil. 

Segundo a entidade mais representativa da liderança católica no Brasil, a fala de Francisco estaria voltada para a inclusão e o respeito ao próximo, de modo que a sua opinião não muda em nada a visão da Igreja sobre a questão homossexual no tocante à doutrina religiosa.

“A fala em questão trata-se de uma palavra em um documentário e, portanto, o Papa fala com o coração aberto sobre os reais sofrimentos das pessoas de condição homoafetiva. Em uma sociedade que exclui com preconceitos e violência, é uma fala sobre dignidade e, acima de tudo de respeito que devemos ter para com todas as pessoas”, diz a nota da CNBB, segundo o G1.

“No caso das pessoas em condição homoafetiva, muitas delas são abandonadas pelas suas famílias, discriminadas pela sociedade, e à margem dos direitos de ter uma cidadania respeitada. A realidade da discriminação também pode levar à violência e à exclusão social. Portanto, diante desses perigos, o Papa entende que uma lei deve buscar garantir a seguridade que toda pessoa merece ser cidadão de direitos”, ressalta o texto. Veja também:

GRAVE: importante arcebispo acusa o Papa de “heresia” por defender união civil gay