VÍDEO: população defende trabalhador contra fiscais e impede fechamento de comércio

O clima no Brasil é de tensão! Em várias partes do país, trabalhadores estão reagindo contra os decretos de lockdown que visam – supostamente – combater o avanço da pandemia do novo coronavírus, e em vários casos a população tem apoiado essas reações.

Publicações que registram a reação dos trabalhadores contra fiscalizações estão se acumulando nas redes sociais. Em uma delas, por exemplo, fiscais tentam fechar o comércio de um ambulante na orla de uma praia, mas são rapidamente repreendidos pela população.

“Eu trabalho na praia”, diz o ambulante em tom de desespero. “Eu quero trabalhar, não quero esmolas”, continua o homem, que logo recebe o apoio de uma senhora que para o seu passeio de bicicleta para engrossar o coro contra os fiscais. “Deixem ele”, diz a mulher.

Enquanto isso, outras pessoas se aproximam e também aderem ao protesto do trabalhador. “Idiota é o seu prefeito”, diz um senhor de sunga para um dos fiscais, lhe apontando o dedo no rosto em sinal de revolta e afronta. A essa altura, os fiscais se afastam e aparentemente desistem de fechar o comércio do trabalhador.

Neste caso, não obtivemos informações sobre o local do ocorrido, mas é possível confirmar que se trata de uma gravação atual envolvendo o contexto de restrições comerciais na pandemia. Em outra situação, dessa vez no Pará, uma comerciante entrou em desespero após a prisão de um colega.

Várias pessoas se revoltaram e passaram a criticar os fiscais. Como é possível notar, portanto, os decretos estaduais e municipais parecem estar criando um cenário de confronto generalizado no país. Assista os dois vídeos abaixo, na sequência: