PT perde em todas as capitais do Brasil pela 1ª vez na história do partido

O domingo de eleição termina amargo para o Partido dos Trabalhadores (PT). Isso porque o partido registra o seu pior resultado desde a sua fundação, não conseguindo vencer em nenhuma disputa nas capitais do país.

A melhor chance da sigla era em Recife, onde Marília Arraes disputava com João Campos, filho do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, falecido em 2014 em um acidente aéreo, quando disputava a eleição presidencial.

Entretanto, João Campos venceu a eleição em Recife, retirando do PT a chance de ao menos governar uma das mais importantes capitais do país. Para a cientista política do Observatório das Eleições, o antipetismo continua com força e serve de alerta ao partido.

“Ele [o PT] não tem mais o domínio de nenhuma capital, e isso acaba sendo um prejuízo pensando um projeto para 2022, especialmente para encabeçar chapa. Isso reforça ainda a presença de um antipetismo, que não pode ser negligenciado”, disse ela, segundo o UOL.

Não pode abrir escolas e igrejas, mas fazer aglomeração em campanha pode!