Vai tomar voadora? PF encontra dinheiro na bunda de senador vice-líder do Governo

Parece coisa de filme de comédia, mas não é. Infelizmente é o triste cenário de corrupção política que ainda afeta o Brasil. Dessa vez, a Polícia Federal encontrou dinheiro, pasmem, na bunda do senador Chico Rodrigues, do DEM.

O episódio ocorreu durante a operação Desvid-19 nesta quarta-feira, que apura suspeitas de sobrepreço e superfaturamento na execução de emendas parlamentares destinadas ao combate à pandemia em Roraima, segundo o G1.

O R7 informou que foram encontrados incríveis R$ 30 mil dentro da cueca do vice-líder do governo. Ao todo, os valores descobertos na casa do senador chegariam a R$ 100 mil.

Os investigadores acreditam que já foram desviados cerca de R$ 20 milhões. Apesar do flagrante bizarro, o senador indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a vice-liderança do governo no Senado afirmou que não cometeu nenhuma irregularidade.

“Voadora no pescoço”

Por coincidência, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã de hoje que se alguém for pego em corrupção no seu governo vai tomar “uma voadora no pescoço”.

Bolsonaro, contudo, se referiu mais especificamente aos seus ministros. Apesar de indicado pelo governo para a vice-liderança no Senado, Chico Rodrigues não possui cargos de gestão vinculados ao presidente.

“Se acontecer alguma coisa, a gente bota para correr, dá uma voadora no pescoço dele. Mas não acredito que haja [corrupção] no meu governo”, disse o presidente mais cedo. Confira:

VÍDEO: Joice passa vexame ao ser criticada por feirantes: “Aqui é Bolsonaro”

Quem cometer corrupção vai tomar “uma voadora no pescoço”, diz Bolsonaro