Quem cometer corrupção vai tomar “uma voadora no pescoço”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro falou com alguns apoiadores na manhã desta quarta-feira, onde reiterou o seu compromisso com um governo livre de corrupção, prometendo “dar uma voadora” no pescoço de quem se corromper em sua gestão.

“Se acontecer alguma coisa, a gente bota para correr, dá uma voadora no pescoço dele. Mas não acredito que haja [corrupção] no meu governo”, disse o presidente, na saída do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro ainda citou uma operação da Lava Jato em Roraima, dando a entender que apesar de ter dito que havia acabado com a operação, ela continua, visto que se referiu ao seu governo, no sentido de não haver motivos para ser investigado.

“Ah, acabou a Lava Jato, pessoal? A PF está lá em Roraima hoje. Para mim não tem. No meu governo, não tem porque botamos gente lá comprometida com a honestidade, com o futuro do Brasil”, disse o presidente.