“O TRF4 varre outra vez o Brasil com um sopro de honestidade”, diz general Heleno

O general Augusto Heleno, atual responsável pelo Gabinete de Segurança Institucional do governo Bolsonaro, comemorou a decisão do TRF-4 de manter a condenação do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia, elevando a sua pena de 12 para 17 anos de prisão. 

“O TRF4 varre outra vez o Brasil com um sopro de honestidade, coerência, sabedoria, imparcialidade e isenção”, escreveu Heleno em sua rede social. O militar considerado um dos mais fiéis ao presidente Bolsonaro agradeceu aos magistrados por, segundo ele, recuperar a “esperança na justiça”.

“Brasileiros de bem recuperam a esperança na justiça; desonestos choram e esperneiam. Obrigado, Des Thompson Flores, Gebran Neto e L. Paulsen”, completou Heleno.

A decisão do TRF-4 por manter a pena de Lula foi criticada pelo Partido dos Trabalhadores, que classificou a atuação dos juízes como a de um “pelotão de fuzilamento contra Lula”.

“O julgamento desta tarde confirma o total descrédito em que o sistema judicial brasileiro foi lançado pela Lava Jato e seus principais operadores: Sérgio Moro e os procuradores de Curitiba, os membros da 8ª. Turma e o Ministério Público da 4ª. Região”, criticou o PT em nota.