Eustáquio teria escorregado após subir no vaso sanitário para conserto de chuveiro

O suposto acidente ocorrido com o jornalista Oswaldo Eustáquio na noite da última segunda-feira teria sido provocado após ele subir em um vaso sanitário para consertar o chuveiro elétrico da cela onde está preso, na Papuda, em Brasília.

Eustáquio teria escorregado do vaso e caído, lesionando a sua coluna. Agentes da prisão teriam encontrado o mesmo desacordado quando perceberam um vazamento de água vindo da sua cela. Ao acordar, o mesmo teria relatado o ocorrido aos seguranças.

Após o acidente, o jornalista foi levado para o centro de traumas do Hospital Base de Brasília, sem apresentar movimento nas pernas. A fratura em sua coluna, segundo o deputado Douglas Garcia (PSL-RJ), pode ter lhe deixado paraplégico.

“Oswaldo Eustáquio foi encontrado inconsciente com o rosto na água por um agente que foi checar o vazamento que vinha da cela onde ele cumpre prisão preventiva. O preso teria dito ao agentes, após recobrar a consciência, que escorregou ao subir no vaso sanitário para tentar fazer o chuveiro esquentar”, informou o Metrópoles.

A informação sobre a real natureza do ocorrido, no entanto, não foi confirmada até o fechamento dessa matéria pela esposa de Eustáquio, nem por sua assessoria através da sua conta oficial nas redes sociais. Espera-se, portanto, a versão dos fatos contada pelo próprio jornalista. Saiba mais:

GRAVE: Oswaldo Eustáquio sofre fratura na vértebra em suposto acidente na prisão