Bolsonaro dá “voadora” e manda afastar Senador flagrado com dinheiro na bunda

Bolsonaro parece que está cumprindo a sua promessa de dar “uma voadora no pescoço” de quem próximo ao seu governo, ou parte dele, for flagrado em esquema de corrupção ou algo suspeito de forma contundente.

Isso porque, após o senador Chico Rodrigues, do DEM, ter sido flagrado pela Polícia Federal na última quarta-feira com cerca de R$ 30 mil reais na bunda, durante a operação Desvid-19, o presidente já avisou que deverá afastar o político da vice-liderança do governo no Senado.

“O presidente reagiu irritado. Mandou afastar o senador, ele não pode ficar. O ideal é que ele se antecipe e deixe o posto. Mas, se isso não acontecer, ele vai ser simplesmente afastado do grupo”, afirmou um assessor presidencial, segundo informações do G1.

Segundo Rodrigues, mesmo tendo sido flagrado em ato claramente suspeito, ele não cometeu nenhuma irregularidade. Em nota, o senador declarou:

“A Polícia Federal cumpriu sua parte em fazer buscas em uma investigação na qual meu nome foi citado. No entanto, tive meu lar invadido por apenas ter feito meu trabalho como parlamentar, trazendo recursos para o combate à Covid-19 na saúde do estado.”

Vai tomar voadora? PF encontra dinheiro na bunda de senador vice-líder do Governo