Reviravolta: hacker vai confirmar que mensagens contra Moro e Deltan foram editadas

O hacker Luiz Henrique Molição, que ajudou a grampear o então juiz Sérgio Moro, o procurador Deltan Dallagonol, e meia força-tarefa da Operação Lava Jato, vai confirmar em delação que o hacker Walter Delgati, o ‘Vermelho’, editou boa parte dos textos e ‘prints’. Não aguentou a pressão dos fatos.

A PF tem uma das melhores perícias do mundo, com profissionais e equipamentos de alta tecnologia, cujas investigações, aos poucos, apontaram para armação de parte do material vazado.

A se confirmar isso no inquérito, a ‘Vaza Jato’ coloca em xeque as divulgações do The Intercept e a defesa jurídica do ex-presidente Lula da Silva, que pede anulação de condenações, informa o Jornal de Brasília.

A revelação só será possível graças à homologação da delação de Molição, feita esta semana pela 10ª Vara Federal do Distrito. Com o roubo das mensagens, os hackers entraram em contato com integrantes do site The Intercept Brasil, fundado pelo jornalista Glenn Greenwald, que tratou de realizar uma série de denúncias contra os membros da operação Lava Jato e o próprio ministro Sérgio Moro.