Carlos Bolsonaro cobra paradeiro de homem que ameaçou o presidente – e já foi preso

Um homem gravou um vídeo fazendo ameaças ao presidente da República, Jair Bolsonaro. Na gravação, o sujeito aparece portando uma arma de fogo, dizendo que vai matar o chefe do Executivo.

“Pra você Bolsonaro é isso aqui ó… aqui pra você Bolsonaro…”, diz o homem exibindo o revólver, aparentando estar sob efeito de drogas. “Fica ligeiro, viu… eu tô na rua (…), antes de você me pegar, eu vou pegar você”, continua o homem, que diz: “Vou matar você”.

A gravação foi compartilhada na rede social do filho do presidente, Carlos Bolsonaro, que comentou ironicamente. “Alguma informação sobre esta vítima da sociedade que em nenhum momento demonstra seguir as leis e muito menos se preocupar com elas?”, questionou o vereador carioca.

O episódio, no entanto, ocorreu em 2018, e o homem que aparece nas imagens é Edson Gomes de Melo, de 32 anos. Após fazer às ameaças ao presidente, ele foi preso pela Polícia Civil, em Pernambuco, acusado de tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

Edson respondia em liberdade por um homicídio cometido em 2016, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, e também havia sido enquadrado na Lei Maria da Penha, por ter agredido uma ex-companheira, segundo informações do Metrópoles.