Fux retira da pauta do STF ação do PSOL sobre questões de gênero nas escolas

Fux retira da pauta do STF ação do PSOL sobre questões de gênero nas escolas
Reprodução: Google

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, retirou da pauta de julgamento do próximo dia 11 uma ação protocolada pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), conhecida como ADI 5668, que visava impor questões de gênero como assunto a ser discutido nas escolas do país.

Segundo a Gazeta do Povo, “a ADI 5.668 quer, entre outras coisas, banheiros comuns, uso do nome social, aprovação do namoro entre menores de idade do mesmo sexo, aulas sobre teorias de gênero, etc.”

Com a retirada da pauta, portanto, a medida fica impossibilitada de ser julgada no plenário da Corte, o que é uma vitória para os conservadores, os quais rejeitam a chamada “ideologia de gênero“, pressuposto que defende a indefinição do sexo humano a partir da sua constituição biológica.

A decisão de Fux sobra a ADI 5668 foi tomada após o ministro receber a visita de deputados da Frente Parlamentar Católica, da Frente Parlamentar Evangélica e representantes da Associação Nacional de Juristas Evangélicos – ANAJURE, a maior entidade jurídica do segmento da América Latina. Para entender mais, leia:

Ideologia de gênero: uma ameaça real à educação brasileira