Candidato do PT que estuprou cadela é achado morto; hipótese é de suicídio

Candidato do PT que estuprou cadela é achado morto; hipótese é de suicídio
Reprodução: Google

Sandoval Damásio dos Santos, conhecido como Sandoval Leão, que era candidato a vereador pelo Partido dos Trabalhadores (PT), foi encontrado morto em um terreno na Rua Caiapó, Bairro Bosque, em Goiás. Ele havia sido flagrado na semana passada estuprando uma cadela.

Sandoval Leão estava foragido desde que um vídeo do momento em que ele estuprava a cachorra de nome “Branquinha” caiu nas mãos da Polícia e a notícia repercutiu em todo o Brasil, conforme noticiado pelo Opinião Crítica.

“Conforme a PM, o candidato, 54 anos, tirou a própria vida no sábado (7). Ele foi encontrado enforcado em uma árvore”, informou o G1. Junto ao corpo, os militares também encontraram uma carta com um pedido de desculpas às filhas, aos amigos, a Deus e até ao ex-presidente Lula, segundo o Mais Goiás.

O presidente do diretório municipal do PT, Ciro Tomé Pereira, já havia comunicado a expulsão de Sandoval do partido, assim como o pedido de cancelamento da sua candidatura a vereador. Entenda o caso abaixo:

Candidato do PT é filmado estuprando uma cachorra; acusado está foragido