J. R. Guzzo diz que Lewandovski e Gilmar Mendes querem declarar Moro “como bandido”

O jornalista J. R. Guzzo, um dos principais nomes do jornalismo no Brasil, usou a sua rede social para criticar alguns ministros do Supremo Tribunal Federal, após a polêmica decisão de retirar a delação do ex-ministro Antônio Palloci de ação contra o ex-presidente Lula.

Guzzo aproveitou para alfinetar o ministro Alexandre de Moraes, o qual vem sendo alvo de fortes críticas na internet por ações consideradas por muitos como abusivas no âmbito do direito, ao mandar bloquear dentro e fora do Brasil perfis em redes sociais de bolsonaristas.

“O ministro Alexandre Moraes deveria incluir os colegas Gilmar Mendes e Ricardo Lewandovski no seu arrastão para pegar inimigos do STF. Os dois querem que Sérgio Moro, o xerife, seja legalmente declarado como bandido, pelo crime de ter metido Lula na cadeia. O público vai adorar”, afirmou Guzzo.

Em decisão proferida pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal, na qual estão Lewandovski e Gilmar Mendes, foi determinado o desentranhamento da delação do ex-ministro Palloci em ação contra Lula, onde ele é acusado de receber R$ 12,5 milhões da Odebrecht, supostamente para a comprar o terreno que seria destinado a um instituto que leva o seu nome.