“Se o comércio não voltar na semana que vem, vou ter que tomar uma decisão”

O presidente Jair Bolsonaro engrossou o tom ao falar da paralisação do comércio nos estados do Brasil, afirmando que precisará tomar uma decisão se até à próxima semana a economia não voltar ao seu normal. A declaração foi dada durante uma entrevista para o programa “Pingo nos Is”, da rádio Jovem Pan.

“Se o comércio não voltar na semana que vem, vou ter que tomar uma decisão”, afirmou o presidente, destacando que poderá publicar um decreto considerando “atividade essencial todo trabalho de um homem ou mulher para levar o pão de cada dia para casa”.

Na ocasião, Bolsonaro também comentou o trabalho do ministro da Saúde, Henrique Mandetta. “Olha, o Mandetta já sabe que a gente esta se bicando há algum tempo. Não pretendo demiti-lo no meio da guerra. Em algum momento, ele extrapolou”, afirmou o presidente.

“Respeitei todos os ministros, ele também. A gente espera que ele dê conta do recado. Tenho falado com ele. Ele está numa situação meio… Se ele se sair bem, sem problema. Nenhum ministro meu é indemissível”, completou o presidente.

Após a declaração do presidente, Mandetta foi questionado sobre o assunto, mas ele negou ter tomado conhecimento. “Não achei nada, não. Não estou sabendo de nada não. Estou trabalhando aqui”, disse ele, segundo O Globo.