“No campo tem que ter fuzil”, diz Bolsonaro ao defender propriedade privada

O presidente Jair Bolsonaro saiu em defesa da propriedade privada no Brasil, mas não só isso, como também o direito de cada proprietário poder defender o seu espaço utilizando uma arma de fogo.

O comentário do presidente foi dado junto aos seus apoiadores na última quarta-feira. Na ocasião, o presidente se referiu à propriedades rurais. “No campo tem que ter fuzil”, afirmou Bolsonaro.

“Eu já morei em fazenda lá em Eldorado Paulista e cultivei 30 hectares de arroz no (sic) Mato Grosso do Sul. Tem que ter um fuzil, pô!”, completou.

“Você acha que o cara que entra em sua fazenda sem estar autorizado para dar uma foiçada no pé de um boi, outra no cupim, depois vai embora e larga o boi lá? Esse cara merece o quê? Isso acontece e deixou de acontecer bastante”, concluiu o presidente.

“Propriedade privada é sagrada, é a base da democracia. Se alguém acha que pode invadir e fazer o que bem entender, então, ele acha que pode invadir a sua casa também”, disse Bolsonaro no Palácio da Alvorada.