“Negros são livres, não uma propriedade da esquerda”, diz Sérgio Camargo

Ele foi alvo de uma ação judicial que pretendia impedir a sua posse na presidência da Fundação Palmares. Entretanto, Sérgio Camargo obteve esta semana a vitória judicial que esperava e agora poderá assumir o seu cargo com a chancela do presidente Jair Bolsonaro. 

“Acho que o garoto que foi liberado ontem é uma excelente pessoa”, disse o presidente sobre Camargo, segundo o Estadão. O novo comandante da Fundação, por sua vez, ficou conhecido por suas declarações polêmicas contra o que já chamou de “vitimismo” de parte da comunidade negra no país.

“O Brasil tem racismo nutella. Racismo real existe nos EUA. A negrada daqui reclama porque é imbecil e desinformada pela esquerda”, escreveu Camargo em dada ocasião em sua rede social. 

Já em outra publicação feita na quarta-feira (12), Camargo comemorou a decisão tomada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que liberou a sua nomeação oficial para a Fundação Palmares, destacando que os “negros são livres, não uma propriedade da esquerda”.

“A decisão do STJ tem importância histórica! A Justiça reconhece formalmente q negros são livres, não uma propriedade da esquerda, e q não podemos ser submetidos à perseguição política, censura, execracão pública e discriminação por externar ideias próprias. Vejo como um avanço”, escreveu Camargo.

Publicação de Sérgio Camargo em sua conta no Facebook.