Marina ataca o novo ministro da Saúde no combate à pandemia: “Estarmos sem comando”

A ex-candidata à presidência da República, Marina Silva, usou suas redes sociais para disparar contra o novo ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmando que o mesmo não estaria agindo de modo responsável diante da pandemia do novo coronavírus.

“Estamos chegando a quase 3000 mortos pelo COVID-19 e até agora não sabemos qual o novo plano do governo para enfrentar a pandemia. Nem a nova equipe foi definida ainda”, afirmou a ex-senadora e ex-ministra do governo Lula, em 2010.

“Que abdução inoportuna é essa, que manda a sociedade para o espaço, no momento em que mais precisa do chão institucional do Ministério da Saúde e seu responsável legal, o ministro Nelson Teich?”, questionou Marina.

A fundadora da Rede Sustentabilidade (REDE) criticou o que considera uma desorganização do governo no atual momento de pandemia, afirmando que a sensação é a de que o país estaria “sem comando” em termos de luta contra o coronavírus, o que significa, obviamente, uma crítica não apenas contra o presidente Jair Bolsonaro, mas também ao  novo ministro da Saúde.

“A terceirização do que deveria ser a sua responsabilidade, em um período crítico como esse, favorece a desorganização, passa a ideia de estarmos sem comando e de que agora cada um pode fazer o que der na cabeça”, afirmou Maria em sua rede social.