Bolsonaro “escracha” a mídia militante ao dar bananas para jornalistas no Alvorada

O presidente Jair Bolsonaro tomou uma decisão que deu o que falar nesta manhã, ao colocar o humorista Márvio Lúcio, o “Carioca”, também conhecido como “Ceará, para satirizar parte da imprensa na saída do Palácio da Alvorada. O ato teve até a entrega de bananas para alguns jornalistas.

O comediante contratado pela TV Record chegou ao Palácio do Alvorada pouco antes do presidente, em um carro oficial, junto com o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten. Ele estava fantasiado de Jair Bolsonaro, usando uma faixa presidencial.

Ao lado dos jornalistas, vários populares também presenciaram o momento que, na prática, pode ser interpretado como uma crítica ao que o presidente considera enviesamento ideológico de parte da imprensa, a qual busca lhe atacar continuamente.

Os jornalistas não interagiram com o humorista, evitando a sua fala, enquanto Bolsonaro apenas assistia a sua atuação. O próprio presidente compartilhou em suas redes sociais, inclusive em uma live ao vivo, o momento de chacota. Assista: