Bolsonaro: “A questão do voto impresso é uma necessidade, está na boca do povo”

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a implementação do voto impresso como um recurso a mais de segurança nas eleições brasileiras. Em declaração para jornalistas nesse domingo, após votar no Rio de Janeiro, o chefe do Executivo disse que essa também é uma demanda apoiada pela sociedade.

“Que nós possamos ter em 2022 um sistema seguro que possa dar garantias ao eleitor que em quem ele votou, o voto foi efetivamente para aquela pessoa. A questão do voto impresso é uma necessidade, está na boca do povo”, afirmou o presidente.

Bolsonaro ainda rebateu os críticos da proposta, como o próprio presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Roberto Barroso, que defende a “segurança” das urnas eletrônicas.

“Desde há muito eu luto no tocante a isso. E as reclamações são demais. Não adianta alguém querer bater no peito e falar que é seguro, não tem como comprovar. Estamos vendo o trabalho de hacker em tudo quanto é lugar aqui, até fora do Brasil”, completou o presidente.