Agora aposentado, Marco Aurélio admite que o STF ‘ressuscitou politicamente Lula’

Após mais de 30 anos atuando como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Mello finalmente se aposentou. E poucas horas após a sua saída da mais alta Corte do país, o agora ex-ministro concedeu uma entrevista onde admitiu algo de grande interesse para o público brasileiro.

Segundo o ex-ministro, a responsabilidade direta pela presença de Lula no cenário de disputa política atual é do próprio STF. Essa afirmação, contudo, não pareceu ser em tom de conformidade jurídica, no sentido de quem enxerga legitimidade, mas sim de lamento pelos resultados danosos ao país.

Questionado sobre a decisão que tornou Lula elegível, Mello disse: “Essas idas e vindas, tal dito pelo não dito, são péssimas. E acabou o Supremo ressuscitando politicamente o ex-presidente. Eu fui voto vencido, mas a maioria decidiu, paciência”, disse ele.

O STF tem sido criticado por boa parte da população exatamente por algumas das suas decisões polêmicas, entre elas a de anular às condenações de Lula no âmbito da operação Lava Jato de Curitiba, no Paraná. A entrevista completa do ex-ministro será publicada na revista Poder no próximo dia 17, segundo O Globo.

Lula defende o governo comunista de Cuba e chama protestos de mera “passeata”