Prefeito do PCdoB confessa ter gravado vídeos de estupro em seu consultório

O prefeito da cidade de Uruburetama, no Ceará, José Hilson de Paiva, filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), confessou ter gravado durante 30 anos, vídeos do momento em que estuprava suas pacientes em um consultório ginecológico mantido por ele, onde atuava como médico.

Paiva achou que poderia amenizar a situação dizendo que havia parado de praticar os crimes “há dois anos” e que fez isso por causa de uma “vício”.

O advogado do abusador, que teve o caso denunciado em rede nacional pelo programa Fantástico, da rede Globo, entrou com um pedido de prisão domiciliar, alegando que Paiva sofre de problemas cardíacos e de próstata. A Justiça do Ceará, no entanto, negou o pedido e manteve a prisão preventiva do acusado.