Gabriel Monteiro diz que Coronel tenta lhe expulsar da PM: “Toma vergonha na cara”

O policial militar Gabriel Monteiro utilizou suas redes sociais para afirmar que um coronel reformado da PM, conhecido como Coronel Ibis, que é filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) desde abril de 2017, estaria tentando lhe expulsar da corporação, supostamente, por causa de denúncias feitas contra ele pelo youtuber.

“Coronel Ibis, está querendo me expulsar da PM por eu mostrar para o Brasil sua indecência? Toma vergonha na sua cara, coronel, venha pro debate comigo, não adianta colocar a corregedoria em cima de mim”, escreveu Gabriel ao publicar a foto de um documento que detalha o caso.

O PM afirmou que dois veículos da Polícia foram “na casa da minha mãe, achando que vai me intimidar, amo meus colegas de farda, tomara que todo dia voltem para tomar um café com minha família”.

Na sequência das suas postagens, Gabriel fez uma provocação em caixa alta: “Responda as perguntas que está no documento OFICIAL, como anda suas amizades dentro do CORAÇÃO DO COMANDO VERMELHO?”.

O conflito entre Gabriel Monteiro e o Coronel Ibis é antigo e, aparentemente, se originou a partir de suspeitas levantadas pelo PM no tocante ao crime organizado no Rio de Janeiro. Em outra ocasião, o youtuber foi questionar pessoalmente o ex-comandante da PMI por estar lhe pedindo R$ 40 mil reais em um processo judicial.

Para entender melhor este caso, leia: [Vídeo] PM G. Monteiro confronta Coronel por entrar em favela controlada pelo PCC