Após sofrer atentado e revidar, deputado do PSL comenta: “Tenho fé e ando armado”

“Tenho fé e ando armado”, afirmou Loester Trutis, deputado federal pelo PSL-MS que teve seu carro alvejado por pelo menos cinco tiros neste domingo (16) em Sidrolândia.

Trutis escreveu, em sua conta no Facebook, que sofreu um atentado enquanto estavam a caminho de Sidrolândia. “O carro em que estavam foi alvejado por, no mínimo, cinco disparos”, relata a nota, acrescentando que o deputado “conseguiu revidar o ataque”. Apesar da “emboscada”, todos estão bem e sem ferimentos.

Em nota, a PF (Polícia Federal) comunicou que tomou todas as medidas iniciais em relação ao caso e instaurou inquérito policial para efetivar as investigações. “O parlamentar e seu motorista prestaram declarações buscando colaborar com o procedimento investigativo”, diz.

Pró-armas, o deputado voltou a falar sobre o caso nesta segunda-feira (17). Trutis alertou para o fato de que no Mato Grosso do Sul “o crime organizado sempre teve participação na política’. “Cigarreiros, traficantes e líderes de esquadrões da morte se tornaram vereadores, deputados, e quase fizeram até um governador” disse.

“Antes de fazer uma piada ou dizer que foi uma simulação, lembre-se que esse grupo está em todas as esferas do poder há mais de 30 anos, e em 2018 eu quebrei esse ciclo ficando com uma das vagas de deputado federal”, conta. “Agora, um consórcio de inimigos se une para acabar comigo”, afirma.

Trutis finaliza dizendo que pode reagir, “antes com minha voz e agora com minha arma”. “Não vão me parar, não vão me calar.” (Com: R7).