Gentilli ataca Bolsonaro: “É um lixo, não é humano. Espero vê-lo na lata do lixo”

O apresentador e humorista Danilo Gentilli parece ser o mais novo membro ilustre no grupo dos destiladores de ódio irracional contra o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Após uma publicação polêmica feita na segunda (06), ele voltou a chamar atenção nesta terça.

Gentilli comentou um vídeo onde Bolsonaro aparece tomando a terceira dose da hidroxicloroquina. Na gravação, o presidente demonstra estar feliz com o resultado da medicação, transmitindo confiança quanto ao seu uso.

“Estou tomando aqui a terceira dose da hidroxicloroquina. [risos] Estou me se sentindo muito bem. Estava mais ou menos domingo, mal segunda feira. Hoje, terça, estou muito melhor do que sábado. Então com toda certeza né, está dando certo [engole o comprimido com água]”, disse Bolsonaro.

“Sabemos que hoje em dia existem outros remédios que podem ajudar a combater o coronavírus, sabemos que nenhum tem a sua eficácia cientificamente comprovada, mas é mais uma pessoa que está dando certo. Então eu confio na hidroxicloroquina, e você? Valeu. Tamo junto”, concluiu Bolsonaro.

A gravação curta, no entanto, parece ter sido interpretada por Danilo Gentilli como algum tipo de deboche, desdém ou incitação criminosa, dado a natureza da sua reação. Ele comentou:

“Isso daí é um lixo, nao é um ser humano. Espero vê-lo na lata do lixo em breve.” Um dia antes, Gentilli também escreveu no Twitter: “Covid-19 foi a primeira coisa positiva que o atual presidente apresentou até o momento”.

De fato, a reação de Gentilli parece tão desproporcional diante do caso que é difícil até compreender a natureza motivacional por trás do comentário feito pelo apresentador nesta terça-feira, visto que o presidente Bolsonaro, aparentemente, apenas demonstrou estar feliz com a sua recuperação, buscando demonstrar confiança para a população.

Assista abaixo e tire suas conclusões:

– Eu tomei a Hidroxicloroquina e estou me sentindo muito bem.- Uma boa tarde a todos.

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Tuesday, July 7, 2020