Ex-médico da Casa Branca prevê que Biden poderá renunciar por problemas cognitivos

[The Hill] – O deputado Ronny Jackson (R-Texas), o polêmico ex-médico da Casa Branca, disse na última quinta-feira que acredita que o presidente Joe Biden poderá renunciar ao cargo por causa de suas habilidades cognitivas supostamente limitadas.

Durante um episódio de “Hannity” da Fox, o apresentador Sean Hannity criticou as respostas que Biden deu durante uma reunião para uma jornalista da CNN no dia anterior, chamando algumas de “completamente incompreensíveis”.

Em entrevista a Jackson, Hannity disse que Biden não teria um bom desempenho em um teste cognitivo, repetindo uma afirmação que circulou entre os republicanos de que a saúde do presidente está em declínio.

“Donald Trumpfez um teste cognitivo. Ele acertou 30 de 30. Ouvi dizer que é um teste muito difícil. Não acho que Joe Biden se sairia bem nesse teste. É uma avaliação justa com base no que estou observando?”, perguntou Hannity a Jackson.

“Com certeza, Sean, e eu tenho dito isso desde o início. Tenho dito que algo está acontecendo aqui. Eu estava dizendo isso quando ele era o candidato Joe Biden, e tenho dito que só vai piorar, e adivinhe. Estamos vendo isso acontecer bem diante de nossos olhos agora”, disse Jackson.

“Há algo sério acontecendo com este homem agora, e, você sabe, eu acho que ele vai se demitir, eles vão convencê-lo a se demitir do cargo em algum momento no futuro próximo por questões médicas ou eles vão ter que usar a 25ª Emenda para se livrar deste homem”, completou Jackson.

Jackson também tweetou um vídeo de Biden respondendo a pergunta de um repórter, dizendo: “Ele está completamente perdido! Precisa de um exame cognitivo AGORA!”

Jackson, que era o médico da Casa Branca dos ex-presidentes Trump e Obama, distribuiu uma carta em junho pedindo a Biden que fizesse um teste cognitivo para provar que ele estava mentalmente apto para desempenhar suas funções como presidente, a qual foi assinada por mais de uma dúzia de republicanos.

No entanto, Jackson está mergulhado em polêmica por causa dos comentários que fez sobre a saúde de Trump. Durante uma reunião na Casa Branca em 2018, ele chamou a dieta de Trump de “excelente”, embora Trump comesse regularmente fast food e não fizesse exercícios.

Funcionários da Casa Branca disseram em maio que Biden estava programado para fazer um exame físico anual “no final deste ano” e disseram que tornariam os resultados disponíveis ao público.