“Estamos nos preparando para ganhar o estado”, diz Trump sobre Wisconsin

O presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, voltou a fazer uma declaração que alimenta a esperança de quem ainda acredita em uma reviravolta no resultado das eleições presidenciais em seu país, onde o democrata Joe Biden lidera em número de votos até o momento.

Trump criticou uma enquete produzida por dois jornais em seu país e afirmou que ele caminha para a vitória no estado de Wisconsin, região que já foi dada pelos veículos de notícia americanos como certa para Biden.

“The Fake Pollsters em @ABC/@washingtonpost produziu uma enquete de supressão possivelmente ilegal pouco antes da eleição mostrando-me uma queda de 17 pontos em Wisconsin quando, na verdade, no dia da eleição, a corrida estava equilibrada”, afirmou Trump em sua rede social.

Ele então completou, afirmando que vencerá no estado e que o suposto erro na contagem dos votos é um mau exemplo para o país. “Agora estamos nos preparando para ganhar o estado. Muitos desses exemplos ‘deploráveis’!”, afirmou.

Um dos estados que também já havia sido dado como certo para Biden é a Pensilvânia, mas a RealClearPolitics (RCP), uma das mais respeitadas empresas de mídia política dos EUA que faz o acompanhamento da contagem de votos em tempo real, retirou o estado do democrata, recolocando ele na disputa. Veja abaixo:

Real Clear Politics retira a Pensilvânia de Biden e estado volta a ficar em disputa