Casa Branca convoca reunião urgente após 1º teste positivo do corona em Bolsonaro

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deu positivo para o coronavírus em seu primeiro teste, confirmou nesta manhã a rede de TV americana Fox News.

Minutos atrás a informação começou a circular no Brasil, mas alguns parlamentares e apoiadores do governo trataram de negar a informação, alegando “fake news”. Todavia, segundo a Fox News, a fonte da sua informação foi o próprio Eduardo Bolsonaro, filho do presidente.

“O filho de Bolsonaro, Eduardo, disse à Fox News que eles estão fazendo mais testes para confirmar o diagnóstico, acrescentando que esperam o segundo conjunto de resultados de testes ainda nesta sexta-feira”, comunicou a emissora.

A emissora também destacou que por causa do primeiro resultado positivo do corona em Bolsonaro, autoridades americanas irão se reunir para discutir o assunto em caráter de urgência, já que o presidente Donald Trump se encontrou com o presidente brasileiro poucos dias atrás.

“Após as notícias do Brasil, vários funcionários da Casa Branca foram convocados para uma reunião urgente no chefe do gabinete”, disse a emissora.

Atualização

O deputado Eduardo Bolsonaro usou suas redes sociais para negar que o resultado do exame do presidente já tenha sido concluído, mas sem negar a informação repassada pelo jornalista. A rede de TV americana Fox News, por outro lado, também confirmou a informação repassada por este site.

A matéria da Fox News pode ser conferida aqui.

Atualização

 

O presidente Jair Bolsonaro fez uma publicação minutos atrás afirmando que os testes finais do coronavírus em sua pessoa deram NEGATIVO. Ao que tudo indica, portanto, a contraprova contraria o que a emissora Flox News afirmou com base nas informações colhidas, supostamente, com o filho do presidente, Eduardo Bolsonaro.