Biden promete tomar decisão no 1ª dia de governo em favor de estudantes transgêneros

O presidente eleito Joe Biden prometeu ir direto ao trabalho depois de tomar posse como 46º presidente dos Estados Unidos na quarta-feira, o que pode incluir a revogação de uma decisão tomada por Donald Trump contra a possibilidade de estudantes transgêneros utilizarem banheiros de acordo com o gênero e não com o sexo biológico.

O governo Trump, no início de seu mandato, revogou uma regra federal da era Obama que estendia as proteções do Título IX aos estudantes transgêneros, permitindo-lhes usar banheiros e vestiários de acordo com suas identidades de gênero e não apenas seu sexo biológico.

Biden já começou a traçar seu plano de duas etapas para enfrentar a crise do coronavírus em curso e prometeu desfazer imediatamente vários movimentos feitos pelo presidente Trump, incluindo sua decisão de se retirar do Acordo do Clima de Paris.

Biden está preparado para assinar quase uma dúzia de ordens executivas em seu primeiro dia no Salão Oval, em questões que vão desde a pandemia até a proibição de viagens em países predominantemente muçulmanos.

Mas entre as ações de Trump que Biden prometeu desfazer em seu primeiro dia no cargo estão as diretrizes federais para estudantes transgêneros sob o Título IX. Sem essas proteções do Título IX, foi deixado para os estados fazerem suas próprias regras sobre o assunto.

A decisão foi considerada um revés para os direitos dos transgêneros, embora os proponentes tenham argumentado que a regra de Obama foi um exemplo de exagero federal.

O site de Biden tem uma página dedicada a políticas destinadas a apoiar a comunidade LBGTQ+ e inclui a promessa de restabelecer proteções para alunos transgêneros em seu primeiro dia de mandato.

“Em seu primeiro dia no cargo, Biden vai restabelecer a orientação Obama-Biden revogada pela administração Trump-Pence, que vai restaurar o acesso dos alunos transgêneros a esportes, banheiros e vestiários de acordo com sua identidade de gênero”, diz o site. Com: Fox News.