Globo demite Renato Aragão após 44 anos de trabalhos prestados à emissora

O humorista e apresentador Renato Aragão foi demitido da Rede Globo, após atuar por 44 anos como funcionário da empresa. A saída de um dos principais nomes da TV brasileira do grupo se dá em meio à suposta crise enfrentada pela gigante do entretenimento.

“Renato Aragão foi demitido pela Globo após 44 anos devido à nova política de corte gastos da emissora, que optou por não renovar o contrato com o humorista”, informo a Notícias da Tv.

“Didi Mocó”, como ficou conhecido Renato Aragão através do seu personagem de maior sucesso, considera que o momento atual é de respirar novos ares, mostrando otimismo em relação ao futuro.

“Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa. Não paro nunca, sempre trabalhando. Eu me considero meio máquina, meio humano”, disse ele em uma entrevista para o UOL.

“Renato Aragão foi dispensado da Globo graças à política de corte de gastos que também encerrou contratos de grandes estrelas da emissora, como Miguel Falabella, demitido após 38 anos. Aguinaldo Silva, Zeca Camargo, Vera Fischer e José de Abreu também foram cortados”, informou o editorial.