Aos 103 anos, idosa bate o recorde em corrida de 50 e 100 metros para terceira idade

Uma mulher aos 103 anos fez história, ganhando a medalha de ouro em uma pista de corrida. O feito ocorreu em Albuquerque, no Novo México (EUA), onde pessoas da terceira idade se enfrentaram em uma competição de jogos para essa faixa-etária.

O “furacão” de Julia Hawkins acabou de ganhar o ouro tanto na corrida de 50 metros, quanto na corrida de 100 metros da divisão feminina dos mais de 100 anos.

A nativa da Louisiana começou a correr aos 100 anos de idade, depois que ela teve que desistir de andar de bicicleta.    

Ela estabeleceu um recorde dois anos atrás nos 100 metros para sua faixa etária. Julia ganhou o apelido de “furacão” e é a mulher mais velha em uma pista de corrida dessa natureza nos Estados Unidos, de acordo com a National Senior Games Association.

“Espero que eu possa inspirá-los a ser saudáveis ​​e perceber que você ainda pode estar fazendo isso neste tipo de idade”, disse Hawkins. “Todo dia quando você tem 103 [anos] é um milagre.”

Hawkins disse a repórteres que ela faz a maior parte de seu exercício trabalhando em seu jardim e aconselha as pessoas a se manterem ocupadas e em movimento para continuarem jovens.

A Associação Nacional de Jogos Seniores escreve: “Julia Hurricane, de 103 anos de idade, está na pista dos Jogos Nacionais Seniores esta semana consolidando seu título como a mulher mais velha a competir em uma pista americana! Hoje, ela espalhou inspiração com a cada passo enquanto corria a distância de 100 metros em 46.07 segundos”.