Secretário da Cultura manda notificar o YouTube após exclusão do canal Terça Livre

O Secretário Especial da Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias, informou na manhã de hoje que mandou notificar o YouTube, após a plataforma excluir dois canais da revista Terça Livre, alegando a violação das suas políticas.

O Secretário não citou diretamente o Terça Livre, mas tratou de forma abrangente a questão, dizendo que não irá admitir “qualquer tipo de censura” aos cidadãos brasileiros.

“Determinei que a Secretaria Nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual notificasse o You Tube, para que ele explicasse os atos de suspensão de alguns usuários da plataforma. Não admitirei qualquer tipo de censura”, disse ele.

“Nosso ordenamento jurídico só permite tal suspensão através d uma ordem judicial. Minha gestão n irá tolerar violações aos direitos fundamentais dos nossos cidadãos, e usarei todos os mecanismo legais, a minha disposição, para garantir q a liberdade de expressão prevaleça sempre”, completou Frias.