Mídia espalha FAKE NEWS ao dizer que Flordelis foi nomeada para Secretaria da Mulher

Na manhã desta quarta-feira, boa parte da grande mídia divulgou que a deputada Flordelis teria sido nomeada para a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados. Como a parlamentar é ré por suspeita de envolvimento no assassinato do próprio marido, a notícia gerou forte repercussão negativa nas redes, mas ela é FALSA!

O próprio Opinião Crítica havia publicado uma matéria repudiando a suposta nomeação, mas deixando claro que a informação carecia de confirmação, o que realmente ocorreu através da secretária da Mulher, Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO).

A confusão começou porque, na página de Flordelis, aparece entre os seus cargos, em 2021, a Secretaria da Mulher. “Todas as mulheres estão como titulares da Secretaria da Mulher durante o processo de votação remota”, disse Dorinha ao Congresso em Foco.

“Foi feito um sistema para realizarmos nossas reuniões na secretaria. Todas as deputadas estão como titulares, como se fossem de uma comissão. Por isso o nome dela está lá”, esclareceu Dorinha. A assessoria de Flordelis também negou a informação:

“Ela não foi convidada, ela não tem interesse, é uma questão normal todas as mulheres aparecem como sendo da secretaria”, disse o gabinete da parlamentar. Ao que tudo indica, portanto, a imprensa “profissional” não fez o dever de casa ao colher informações na fonte. Em vez disso, se precipitou em divulgar a informação falsa. Veja abaixo:

Mídia profissional espalha fake news sobre Flordelis