Felipe Neto perde processo contra Malafaia e terá que gravar vídeo de retratação

Uma batalha judicial envolvendo o youtuber Felipe Neto e o pastor Silas Malafaia chegou ao fim hoje, após um acordo judicial. O influenciador digital terá que gravar um vídeo se retratando por acusar o líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo de enriquecimento ilícito.

Na gravação, Felipe Neto terá que dizer o seguinte, segundo o jornalista Lauro Jardim: “Em acordo na queixa-crime […], venho esclarecer que: eu critico a postura e não concordo com muitas coisas que o pastor Silas Malafaia fala, mas não posso provar e afirmar que ele enriquece através de fiéis”.

Em 2017, Neto acusou Malafaia de “explorar a fé das pessoas para enriquecer”. O pastor então entrou com um processo contra o youtuber, lhe obrigando à provar o que disse, o que pelo visto não foi possível.