“Vou mostrar ao Brasil quem é o STF. Vocês vão saber a verdade”, diz Daniel em vídeo

Reprodução: Google

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) voltou a falar contra os ministros do Supremo Tribunal Federal ao se deparar com apoiadores dentro do Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), em Niterói, na última quinta-feira (18).

“Vou mostrar ao Brasil quem é o STF. Vocês vão saber a verdade”, disse o parlamentar, que está preso a mando do próprio Tribuna, após ter publicado um vídeo desferindo críticas e ofensas aos ministros da Corte.

Por ter a prerrogativa da imunidade parlamentar, conforme diz a Constituição Federal, cabe à Câmara dos Deputados sancionar ou não a prisão do deputado. A sessão de votação para isso foi marcada pelo presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), para às 17h desta sexta-feira, 19.

Na gravação que motivou a prisão de Daniel, o deputado fez duras críticas a vários ministros, especialmente contra Edson Fachin, a quem chamou de “moleque, seu menino mimado, mau-caráter, marginal da lei, militante da esquerda”.

Sobre Fachin, o Poder360 informou que Daniel disse que ele “lecionava em uma faculdade, sempre militando pelo PT, pelos partidos narcotraficantes, nações narcoditadoras (…) Fachin, você integra, tipo assim, a nata da bosta do STF, certo? (…) Militante idiotizado, lobotomizado, que atacava militares junto com a Dilma [Rousseff], aquela ladra, vagabunda”. Veja o vídeo abaixo:

Ives Gandra sobre Moraes: “Sem autorização do Congresso, não poderia mandar prender”