Tiago Leifert nega voto em Lula, critica Bolsonaro, mas admite: “Ele vai ganhar”

O jornalista Tiago Leifert virou notícia ao fazer críticas à corrupção na era do governo Lula. Ex-Globo, o jornalista disse que ficava incomodado sempre que alguém tentava legitimar a escolha pelo petista, mesmo depois de tudo o que a Lava Jato revelou ao longo dos anos, em desvio de verbas da Petrobrás.

Leifert também apresentou dúvidas sobre as pesquisas de intenção de voto, argumentando que elas podem não estar refletindo a realidade. “Acho que tem muita gente calada, eu não acho que as pesquisas estejam no caminho certo”, disse ele.

Questionado sobre o modo como a imprensa tem reagido contra os bolsonaristas, muitas vezes os classificando como extremistas e outros termos pejorativos, o apresentador disse que isso tem dado votos para Bolsonaro, e que por isso “ele vai ganhar” nas eleições desse ano.

Leifert, contudo, disse que se se tivesse uma arma apontada para a sua cabeça, a fim de dizer em quem votaria, preferiria mandar atirar. “O Bolsonaro foi muito mal e o Lula não dá”, disse o apresentador durante entrevista ao podcast “Cara a Tapa”, na última segunda-feira.

Sobre Lula, o jornalista reforçou que ele “fez um bom governo em 2002, entendo a figura que ele é, a importância que ele tem, mas não consigo fazer o malabarismo mental de tudo o que aconteceu.” Assista um resumo, abaixo: