Senadores fazem reunião sobre a CPI da Lava Toga para “investigar ministros do STF”

Os recentes conflitos envolvendo os poderes Legislativo e Judiciário, após a ordem de prisão do deputado federal Daniel Silveira, parecem estar longe de terminar. Isso porque, um grupo de senadores já se reuniu na última terça-feira (23) para discutir o andamento da chamada “CPI da Lava Toga”.

“A CPI DA LAVA TOGA é uma pauta prioritária da população, e precisamos tratá-la como tal no @senadofederal. É prerrogativa nossa investigar os ministros do STF. Então, pq ninguém ousa abrir a caixa-preta do Judiciário do Brasil? O quanto antes será melhor p/ a redenção deste País.“, afirmou o senador Eduardo Girão (Podemos-CE).

A declaração foi acompanhada de uma publicação onde aparecem integrantes do grupo “Muda Senado”, formado por senadores que pregam, entre outros, a investigação de supostos abusos de poder por parte dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“CPI DA LAVA TOGA, SIM! Participamos de uma reunião com alguns colegas senadores do @mudasenado, @SorayaThronicke, @majorolimpio, @lasiermartins e @Sen_Alessandro
para conversarmos sobre o andamento da CPI para investigar o Judiciário”, destacou Girão.

O senador Major Olímpio também repercutiu a reunião e frisou que “ninguém está acima da Lei”. “Eu me reuni com alguns membros do Muda Senado para tratar sobre o andamento da CPI Lava Toga, que é URGENTE! Ninguém está acima da lei!”, disse ele.